domingo, 4 de setembro de 2016

Nunca é tarde para o amor!


Amigas desde o ensino básico, Lena e Gina eram inseparáveis. Uma vivia na casa da outra. Faziam os trabalhos escolares juntas e eram cúmplices em tudo.
Lena era uma menina meiga, carinhosa, de cabelos lisos e claros.  Aos quinze anos parecia que tinha dezoito. Era bem-feita de corpo.
Gina era o oposto, de compleição miúda, cabelos escuros e cacheados, agitada e um tanto rabugenta, às vezes. Aparentava ter doze anos.
A amizade das duas causava inveja nas outras colegas da escola. Lena era filha única e Gina tinha um irmão mais novo.
Uma completava a outra. Se davam tão bem que muitas pessoas pensavam que eram irmãs. Até o dia em que Lena conheceu Lucas.
Lucas, aluno novo, foi estudar na mesma classe das duas. Assim que viu Lena, sentiu por ela uma grande atração.
As duas amigas, também, sentiram que algo dentro delas mudou, quando ele entrou na sala de aula. Foi a primeira vez que guardaram para si um segredo.
A partir daquele dia, Gina começou a observar a troca de olhares entre Lena e Lucas. Ela achou melhor se afastar um pouco da amiga, dar espaço para o Lucas. Só que sem esperar, percebeu que seu coração disparava cada vez que o via.
Em pouco tempo, Lucas e Lena estavam namorando. Gina sentia ciúme daquele amor que viu nascer entre sua melhor amiga e aquele rapaz.
Logo no início do namoro, Lena a convidou, algumas vezes, para sair com eles. Porém, ela não gostava de segurar vela para os dois e começou a recusar os convites.
Lena, em nenhum momento desconfiou, que sua amiga estava apaixonada por seu namorado. Achou que Gina queria deixá-la sozinha com ele, que não quisesse se intrometer entre os dois.
Elas passaram a se falar com menos frequência. E com o tempo, foram se distanciando mais e mais. Cada uma seguiu seu rumo após terminarem o ensino médio.
O casamento da Lena e do Lucas aconteceu em seguida, pois ela engravidou e a família exigiu que se casassem. Os pais dela dariam uma força aos dois até que Lucas arrumasse um emprego.
Gina arrumou um namorado, noivou e casou, um ano depois da amiga.  Não estava apaixonada, mas, não quis ficar para trás.
Depois de casadas, as duas amigas perderam o contato. Gina e o marido se mudaram para outra cidade. Cada uma tinha a sua vida para cuidar, os filhos e seus compromissos de trabalho.
Assim o tempo foi passando e vinte anos depois, Gina, separada do marido, reencontrou o marido da ex amiga, num evento religioso.
Esse evento reunia membros de várias localidades. Ela notou que Lucas estava sozinho e se aproximou dele. Para sua alegria, ficou sabendo que ele estava solteiro. Resolveu, então, aceitar seu convite para um jantar naquele mesmo dia.
A conversa fluiu até de madrugada e Gina ficou sabendo que o casamento dele chegara ao fim, após dezoito anos. Lena se apaixonara por outra pessoa.
Ela, que sempre fora apaixonada por ele, viu uma chance de reaproximação. Contou detalhes sobre a sua vida, também. Contou que se casara sem amor e que o marido cansou de ser o único a querer levar o casamento adiante. Criou coragem e confessou seu amor por ele.
Lucas, viu em Gina uma nova esperança para ser feliz. Há dois anos que estava sozinho. Ficou surpreso em saber da paixão que ela sentia por ele desde a época da escola. Os dois estavam chegando aos quarenta anos e ainda tinham muito tempo pela frente.
Começaram a se encontrar frequentemente. Gina que nunca deixara de amá-lo, se tornou uma mulher completamente feliz.
Lucas, que não fora correspondido em seu amor pela ex esposa, passou a amar aquela que no passado, fora apenas sua colega de classe.
E assim, Gina e Lucas se uniram, ambos com os filhos crescidos,  para viver uma nova história de amor. Uma nova página, no livro da vida, seria escrita pelos dois. Ambos tinham muitos planos para o futuro e pretendiam colocá-los em prática.

A chama do amor pode ficar adormecida e reacender muito tempo depois?

Sua visita me deixa muito feliz e agradecida, volte sempre!

Beijos,

Cidália.






46 comentários:

  1. Que gostoso ler esse conto! O destino consertou tudo e ninguém foi magoado. A vida começa aos quarenta! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vera! Sempre é tempo de recomeçar, né? Viva o amor!

      Beijos ❤

      Excluir
  2. Adoro visitar o seu blog, Cidália. Todas as vezes que dou uma passadinha aqui, tenho a oportunidade de ler mais um história incrível, como está que acabei de ler. O engraçado é que apesar do tempo e dos desencontros tudo acabou da melhor forma possível. Como disse a Vera o destino consertou tudo e ninguém foi magoado. Quanto à pergunta: eu acho que se realmente existir amor, com certeza, uma chama adormecida pode reacender com o tempo. Obrigado por mais um texto sensacional.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não imagina como fico feliz com suas palavras, Leandro! Sim, tudo acabou bem e ninguém saiu ferido. Ainda bem que o destino os uniu p que tivessem a chance de viver um grande amor.
      Eu é que agradeço pelo carinho de sempre!
      Abraço.

      Excluir
  3. Que bom esse conto. O legal é que no fim deu certo para todos. Eu acho que a chama do amor nunca se apaga, adormecida pode ficar, mas esquecida jamais.
    Boa semana!
    Fica com Deus!
    Beijos!


    http://marifonseca21.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Mariana! Ainda bem, né? Isso mesmo.

      Obrigada, amém!
      Beijos.

      Excluir
  4. concordo com Vera , o destino consertou tudo a chama do amor pode ficar adormecida mais nao morre .mais um conto cheio de sentimentos gostei muito .Cleuza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Cleuza! Sim, ainda bem, né?

      Obrigada, beijos! ❤

      Excluir
  5. Oi!!
    Gostei muito desse conto :D não conhecia.
    Realmente o amor nunca morre 💕
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Acredito que sim, possa reacender. Ele acaba mudando com o tempo, devido as nossas experiências, maturidade, mas tá lá vivo.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Alineland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é isso mesmo, Aline! Concordo com você.

      Beijinhos ❤

      Excluir
  7. menina gostei tanto do conto que até me emocionei parabéns !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Rosilene! Fico feliz que tenha gostado.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  8. Muito lindo a história dos dois!! Quem diria a Gina tendo coragem para se declarar pro Lucas.
    Amei a história Cidália!!

    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Raquel, às vezes a mulher precisa tomar a iniciativa!!
      Que bom que você gostou!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  9. Tenho muito medo disso, sabe?
    Mas amei o conto, muito bem escrito e retrata a vida como ela é (ou pode vir a ser).
    Beijos!

    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado. Não precisa se preocupar, quando o amor é verdadeiro, não há riscos.
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  10. Oi Cidália,
    Como sempre adoro seus contos, muito bem escritos! Eles sempre nos transmitem uma mensagem.
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Line,
      Que bom que você gosta dos meus contos, isso me deixa muito feliz!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  11. Sempre busque o amor e amar! Acima de tudo..
    Muito bonito! ^_^

    ResponderExcluir
  12. Amei o texto super lindo e inspirador, realmente nunca é tarde para o amor
    adorei como sempre, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba!! Verdade, Mandy, sempre é tempo p recomeçar!

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  13. Lindo texto Ci, amor é tudo né? Nunca é tarde. Beijos

    ResponderExcluir
  14. Cidália lindo esse conto, no amor nunca é tarde, que venhamos sempre buscar o amor, Cidália bjs.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lucimar! Sem dúvida, devemos viver em busca do amor!

      Beijos!

      Excluir
  15. Ola, adorei esse texto.Nada melhor do que se apaixonar e ser correspondida. O amor é lindo demais.
    https://coisasdamilaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, que bom! Verdade, o amor é lindo e melhor, ainda, quando é correspondido.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  16. Muito bonito o conto, mais um romance ♥. Parabéns!!! Beijão #Luma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Luma!
      É sempre bom falar sobre o amor, né?

      Beijos!

      Excluir
  17. A sensação que tenho é que cada conto seu daria um livro. É uma vida toda em poucas linhas e sempre fico com desejo de acompanhar todos os detalhes dos personagens.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Evandro!
      E não é que vocês estão me dando muitas ideias?

      Obrigada, abraços!

      Excluir
  18. Que conto maravilhoso.
    Adoro ler os contos que você escreve, você tem muito talento. Sucesso e Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gabriela!
      Seu elogio me deixa muito feliz e motivada a continuar escrevendo.

      Obrigada mais uma vez, beijos!

      Excluir
  19. Que conto mais belo e emocionante.. Parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Olá, Cidália! Estou visitando o blog pela primeira vez e gostei bastante. Gosto bastante de narrativas em 3ª pessoa, pois nos dá a chance de conhecer mais os detalhes de cada personagem. Parabéns pela excelente escrita. Estou seguindo o blog, para ter a oportunidade de conhecer melhor o seu trabalho. Bjos

    http://liza-pink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beth, estou feliz por você ter gostado.
      Muito obrigada,

      Beijos!

      Excluir
  21. Conheço uma pessoa que até hoje não pode superar x primeirx namoradx. Já casou 3x e não consegue amar ninguém. É triste de ver.
    www.kellyzarate.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pôxa, vou ficar torcendo por essa pessoa! Tomara que ela encontre a felicidade!

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  22. Que texto lindo, adorei.
    Quando é para dar certo não importa quantas volta a pessoa dê na vida, que final vão acabar se reencontrando.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou!
      Verdade, o que tem que ser, será!
      Obrigada, beijos!

      Excluir