domingo, 3 de setembro de 2017

Vida às avessas XIII (a descoberta)




Quando dona Josefa conferiu o saldo bancário sentiu vertigem. Sua vista ficou turva, ela se apoiou na filha.

- Mãe, o que está acontecendo? A senhora está pálida.

- Minha filha, tem alguma coisa errada na minha conta. Preciso conversar com o gerente.

- Não tem nada errado, mamãe. Veja, a senhora fez vários saques.

-Fiz um empréstimo para seu irmão, mas ele ficou de devolver assim que pudesse. Eu falei pra ele que ia te ajudar a comprar uma casa.

- Mamãe, tem certeza que não foi a senhora que tirou o dinheiro?

- Claro que tenho certeza, Sueli. Era seu irmão que ficava com meu cartão. Passei a senha pra ele tirar o dinheiro para o casamento das gêmeas. E era ele quem comprava meus remédios.  Confiei nele, pensei que só tirasse o necessário.

- Na sua conta só tem o pagamento da pensão e mais alguns trocados. Da sua parte na venda da propriedade não tem mais nada, mãe.

- Não é possível minha filha. Deve ser algum engano. O Jesuíno não ia tirar o dinheiro da minha conta sem me avisar. Para o casamento das filhas ele pediu emprestado.

- Vamos para casa, vou ligar para ele. Será que ele pensou que a senhora não ia descobrir o desfalque?

- Não quero que você conte para o Jaime e nem para o Jurandir. Eles não gostam do irmão.

- A senhora não pode esconder isso deles, mamãe. O que o Jesuíno fez foi um roubo. Todos nós recebemos a nossa parte. Ele não tinha o direito de pegar a sua parte sem permissão.

- Ele vai explicar porque fez isso minha filha. Vamos conversar com ele antes de falar com os outros.

- A senhora é quem sabe. O dinheiro é seu, pode fazer o que quiser com ele. Pode dar para o Jesuíno se quiser.

- Eu queria ajudar na reforma da casa já que vou ficar morando com você.

- Quanto a isso não se preocupe. Tenho meu trabalho e uma boa freguesia. Todos gostam da minha costura e do meu crochê.

Naquele momento, Jesuíno estava saindo para o almoço, pensando na sua mãe. Algumas dúvidas pairavam em seu pensamento.

“Será que ela já tomara conhecimento do saldo bancário?”

“Seus irmãos já estariam sabendo do desfalque na conta dela?”

Quando ele pegou “emprestado” o dinheiro para fazer um investimento em seu nome, não imaginou que a mãe sofreria uma queda e que iria para a casa da Sueli. De acordo com seus planos a seguraria por mais tempo em sua casa.

Ao chegar encontrou a esposa aflita.

- Meu bem, sua irmã telefonou. Pediu para você ligar assim que chegasse. Ela precisa saber o que você fez com o dinheiro da sua mãe. Parece que a velha quase bateu as botas quando viu o saldo hoje pela manhã.

- Não vou ligar e se ela ou alguém ligar você inventa uma desculpa. Preciso pensar numa solução.

- Então é melhor nem atender o telefone, porque não quero ouvir desaforos.

- Faça o que achar melhor. Ainda bem que colocamos identificador de chamadas.

- Daqui a pouco seus irmãos estarão sabendo e provavelmente ligarão atrás de você.

- A mamãe não vai querer contar pra eles.

As duas mulheres, mãe e filha, ficaram aguardando o telefonema do Jesuíno. Ariana ao saber do ocorrido ficou abismada. Como seu tio teve a coragem de fazer aquilo com a própria mãe? Aquele dinheiro era para ser usado por ela em caso de necessidade. Ali, ninguém queria usufruir dos benefícios dela.

A situação financeira da família estava estabilizada. Ariana continuava lecionando como leiga, vendendo marmita e fazendo seu crochê. Elizandra e a mãe tinham uma boa clientela na costura.

José Carlos trabalhava e estudava. Não dependia mais da mãe. Continuava morando na casa do tio.

O casamento da Elizandra estava próximo. Dona Josefa que estava animada com o casamento da neta, ficou deprimida depois de descobrir o que o Jesuíno fez com ela.

Sueli pensou em contar para os irmãos, Jaime e Jurandir, porém dona Josefa achou melhor não aborrecê-los.

- Mamãe, se a senhora continuar aí pelos cantos, nessa tristeza que dá pena, vou ter que contar para eles o motivo.

- Vovó - disse a Elizandra - quero a senhora bem bonita no meu casamento.

- Fizemos um vestido para a senhora, mamãe - falou a Sueli.

Dona Josefa sorriu, sentindo-se amada por aquelas três mulheres. Ela não queria estragar o casamento da neta por causa da atitude do Jesuíno.

-Adivinha quem o Noel chamou para ser padrinho, mana? - Elizandra piscou para a irmã.

Ariana ficou radiante com a camaradagem do cunhado. Sabia que ele e sua irmã estavam conspirando a seu favor. Ela não perderia essa oportunidade!


Será que dessa vez Ariana trataria o Geraldo de outra maneira? Cederia aos galanteios do moço?

Não perca mais um trecho desta história na semana que vem...

Agradeço a sua visita!!

Um abraço,

Cidália.


PS: essa ilustração linda foi feita pelo meu sobrinho Marcos Wagner.



85 comentários:

  1. Olá Cidália ;
    Apesar de amar ler eu não tenho dom para escrita e admiro quem o tem, parabéns pelo seu dom, um enredo envolvente, que nos faz querer saber o desfecho , já estou com raiva do Jesuíno rsrs
    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/2017/09/perdido-em-marte_4.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Seu comentário me deixou muito feliz, obrigada pelos elogios! Sinto-me lisonjeada!!
      Beijos!

      Excluir
  2. Legal, ficar colocando trechos dos livros, ai a pessoa tem q esperar vc colocar o proximo de novo...Parabéns...Sucesso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Hã?? Não são trechos de livros, é uma história escrita por mim que estou postando aos domingos!
      Obrigada pelo comentário, bjos!

      Excluir
  3. Olá, Cidália. Estou a cada dia mais ansioso para saber o desdobramento dessa história. Como já sabe estou torcendo muito por Josefa e Ariana. E a cada dia que passa fico mais ansioso para saber se o relacionamento de Ariana e de Geraldo vai acontecer ou não. Estou torcendo para eles também. Ótima história. Estou adorando. Aguardando ansioso o próximo capítulo. 😀

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Leandro!
      Só tenho a agradecer pelo seu apoio e carinho!! Suas palavras me incentivam a continuar escrevendo, obrigada!!
      Abraço!

      Excluir
  4. Muito interessante a historia, irei ler os anteriores, pra poder acompanhar a historia melhor, adorei a forma como vc escreve <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ludmila, que bom! Espero que goste dos outros capítulos!!
      Obrigada pelo comentário, beijos!

      Excluir
  5. OI, Cidália!
    É uma história bem comum de acontecer nos dias atuais, não é? Infelizmente! Estou bem curiosa para saber como vai continuar essa confusão! Tomara que tudo se resolva bem para todos! Abração!
    Drica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Drica!
      Sim, verdade, infelizmente!! Que bom, fico feliz sabendo que você está gostando da história!
      Obrigada, beijos!!

      Excluir
  6. Coitada de dona Josefa que decepção ser roubada pelo próprio filho ainda bem que ela tem os outros filhos que são pessoas do bem tô torcendo por um final feliz pra dona Josefa e Ariana , parabéns Cidália tô amando essa história esperando o próximo capítulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Cleuza, foi uma grande decepção para ela descobrir o que o Jesuíno fez!! Mas ela tem o amor e carinho dos outros filhos que compensam a desilusão sofrida por ela.
      Obrigada pelo carinho, beijos!!

      Excluir
  7. Que história mais bacana Cidália. Parabéns pelo texto.
    big beijos

    ResponderExcluir
  8. Interessante a historia, aguardando ansioso o próximo capítulo.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns, você realmente tem o dom literário e deveria investir nisso. Bela história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marcelo, pelo comentário e elogios!!

      Abraço!

      Excluir
  10. Coitada da mãe! Sendo enganada pelo filho
    Isso acontece muito né Ci! Estarei aguardando o próximo capítulo.
    😘😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Quel, infelizmente, acontece na vida real!!
      Oba, que bom!
      Obrigada pelo carinho, beijos!!

      Excluir
  11. OI!!
    Parabéns :D cada dia que passa sua historia fica mais envolvente. Já estou ansiosa para ler o próximo capitulo ;)
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joana, muito obrigada pelo comentário e apoio!!
      Beijos!

      Excluir
  12. Oi tudo bem?
    Coitada da Dona Josefa sendo enganada pelo próprio filho. Parabéns a história está ficando cada vez melhor ao decorrer dos capítulos.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Taís, tudo bem!
      Pois é, o Jesuíno é um filho desnaturado!! Obrigada pelo comentário e apoio!

      Beijos!

      Excluir
  13. Olá Cidália,
    Já tentei escrever muitas vezes e, agora, acho que está dando um resultado positivo, mas nunca sei rs.
    Você escreve de uma forma muito interessante, lida bem com as palavras e manipula o leitor para pensar o que você quer. Fiquei meio perdida com os acontecimentos, mas em choque com o que aconteceu com Josefa, meu Deus.
    Quero ler cenas dos próximos capítulos rs.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruna!
      Seu comentário me deixou lisonjeada, muito obrigada pelos elogios!!

      Beijos!

      Excluir
  14. Muito bom, parecem fatos que ocorre nos dias atuais, vou estar muito interessada no próximo post, pois quero ir acompanhando

    Bjs (•_•)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Minda!
      Que bom, obrigada pelo comentário e apoio!!
      Beijos!

      Excluir
  15. Isso de dinheiro em família é um problemão! Fiquei bem curiosa com sua história! Já quero ler mais! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thamiris!
      Verdade!! Oba, que bom que você gostou desta história!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  16. Que diálogos legais, bem realisticos
    Gostei, muito legal.
    Blog ArroJada Mix

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Alécia, que bom que você gostou!!

      Beijos!

      Excluir
  17. Olá Cidália.


    Sua escrita é muito positiva, pois cada trecho que leio é bem interessante. Agora coitada da Dona Josefa, não é possível que o filho realmente fez isso com ela. Quero ler os próximos trechos.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kênia!

      Pois é, é difícil de acreditar que um filho aja como o Jesuíno agiu com a mãe!! Obrigada pelo comentário e apoio!

      Beijos!

      Excluir
  18. Ahhh... Que legal. O que não falta nessa vida é filho aproveitador, neh ? kkkkk' Continue escrevendo sim. Dou o maior apoio. Também amo escrever. ;D
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cláudia, pura verdade, infelizmente!
      Muito obrigada pelo comentário e apoio!!
      Beijos!

      Excluir
  19. oi tudo bem? adorei sua historia, vou procurar ler as outras. parabéns adorei sua escrita. bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nilton, tudo bem!
      Que bom, espero que goste dos outros capítulos!!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  20. Oi!

    Essa é a primeira vez que leio aqui... Esse negócio de dinheiro e mãe confiar é um problema, já ouvi causos e mais causos rs
    Antes de continuar vou ler as anteriores para ficar bem situada na estória. Mas o que li hoje, gostei muito! Parabéns!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcia!
      Pois é, é um caso sério!!
      Que boa notícia, oba! Espero que você continue gostando da história!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  21. Parabéns pelo texto, adorei
    Beijos

    http://www.crisfelix.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Uau que demais! Amei essa ideia de ir postando um trecho da história a cada semana... Quero ler os anteriores ❤
    Beijos da MaVi

    https://marivicente.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Fico feliz sabendo que você gostou da ideia!! Espero que continue gostando!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  23. Que legal!!! Parabéns pelo texto. Amei demais. beijão.

    ResponderExcluir
  24. Estou adorando cada capítulo dessa história! Estou acompanhando e me surpreendo com cada leitura <3

    www.aromadecachos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mari!
      Oba, que alegria saber que você está gostando da história!!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  25. Muito legal essa série, continuo acompanhando para saber o que vai acontecer bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que bom!!
      Obrigada pelo comentário e apoio!

      Beijos!

      Excluir
  26. estou amando seus post e acompanhando tudo daqui de casa

    ResponderExcluir
  27. Olá flor tudo bom?
    Eu amei muito a sua história;e fiquei bastante curiosa em conhecer mas;irei te acompanhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jaqueline, tudo bem!
      Oba, que bom, seu comentário me deixou muito feliz!!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  28. Olá, eu não lembro de ter lido outros capítulos desse conto, mas não gostei muito do que eu li hoje. Não pela escrita, mas pela história mesmo. Eu já li outros contos aqui e gostei, mas desse eu não consegui gostar :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Beatriz, obrigada pelo comentário e opinião!! Gostei da sua sinceridade!
      Beijos!

      Excluir
  29. Legal a história vou ler os outros tambem amei! <3

    ResponderExcluir
  30. Oi Ci. Essa historia ta muito interessante!!!
    Ansiosa para ver o desdobramento dela! Parabéns por nos proporcionar ótimos contos.

    Beijos
    Lilica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lilica, muito obrigada pelo carinho de sempre!!
      Oba! Valeu!!

      Beijos!

      Excluir
  31. Menina que aflição, e só de pensar que isso realmente acontece mas do que se imagina 😭
    Ansiosa para saber o que vai acontecer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fale, Jacke!! Infelizmente!!!!
      Que bom, obrigada, beijos!

      Excluir
  32. Olá, tudo bem?
    Vou ter que ler os capítulos anteriores, a história está ótima, rs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kah, tudo bem!
      Que boa notícia!! Obrigada pelo apoio!
      Beijos!

      Excluir
  33. Oi, Cidália. Já havia lido outro capítulo dessa história, mas acabei não acompanhado, embora tenha me interessado por saber direitinho como começou. Vou deixar o primeiro link salvo para poder ler e acompanhar de verdade!
    e infelizmente esse fato narrado é até recorrente, né?! Quantos casos assim não vemos por aí... ):
    Enfim, pretendo acompanhar agora!

    Abraços
    Universo Tácito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aline, que bom!! Espero que você goste da história!
      Pois é, existem muitos casos parecidos!! Obrigada pelo apoio!

      Abraços!

      Excluir
  34. Cidália, parabéns! Que narrativa envolvente! Engraçado como a arte pega a gente bem onde dói os nossos calos, né? Aconteceu coisa parecida com meu avô, quando ele ainda vivia. Acredita?
    Bom, estarei acompanhando! E a ilustração também é linda! Parabéns ao seu sobrinho
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ane Karoline, olha só que coincidência!!
      Eu e meu sobrinho agradecemos pelos elogios! Valeu pelo apoio!!
      Abraços!

      Excluir
  35. Olá!
    Que interessante!
    Muito legal poder acompanhar a evolução dos autores seja qual idade ele venha a ter. É sempre importante incentivar.
    Espero conseguir continuar acompanhando o bele trabalho que faz aqui no blog.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Camila!
      Muito obrigada pelo comentário motivador e apoio!! Fiquei lisonjeada!!!
      Beijos!

      Excluir
  36. O conto é bem real, no que diz respeito a filhos que se aproveitam do dinheiros dos pais. Uma história tocante. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Nilda!! Muito obrigada pelo comentário!
      Beijos!

      Excluir
  37. Essa dona Josefa já devia ter dado uma lição no Jesuino. Ele é muito mal carater.
    Espero que a Ariana dessa vez aproveite a oportunidade.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Alineland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aline, verdade!!
      Obrigada pelo comentário e apoio!!!

      Beijinhos!

      Excluir
  38. Ooi
    É o primeiro capítulo que leio, mas gostei bastante. Apesar de ter ficado voando um pouco na história, gostei bastante da sua escrita. Narrativa e descrições bem naturais.
    Parabéns a você e ao seu sobrinho pela linda ilustração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Catrine!
      Muito obrigada pelo comentário motivador!! Meu sobrinho também agradece!
      Beijos!

      Excluir
  39. Ei Cidália,
    Essa é a primeira vez que leio o conto. Fiquei curiosa a respeito do desfalque do dinheiro e morrendo de vontade de saber o que vai acontecer depois.
    Em breve volto para ler a próxima parte.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jessica!
      Oba, que bom que você gostou do que leu!! Espero que volte e continue gostando!!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  40. Olá!
    Sua forma de escrever me surpreende, vou até procurar seus textos antigos para ler mais. Adorei.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Haise!
      Que ótima notícia, obrigada!!

      Beijos!

      Excluir
  41. uau... levar um calote, ser roubada pelo próprio filho, deve doer muito, fiquei curiosa para saber o desenrolar de tudo isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lilian, nem fale!!
      Obrigada pelo comentário e opinião!
      Beijos!

      Excluir
  42. Olá! Parabéns pela escrita, gostei bastante! Olha, fiquei morrendo de dó da mãe. Como ele pode fazer isso com a mãe? Curiosa pra saber os motivos, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Suzana!
      Muito obrigada pelo comentário!! Todo domingo posto um trecho da história.
      Beijos!

      Excluir
  43. Sem palavras para a falta de vergonha desse que rouba a própria mãe, coitada. Isso só prova o quanto atualmente é difícil de confiar nas pessoas atualmente. Ficarei de olho para as próximas postagens! <3

    ResponderExcluir