domingo, 12 de fevereiro de 2017

10- Crime perfeito (perigo?)



Naquela pequena cidade do interior, onde tudo era tranquilo, onde as pessoas se cumprimentavam ao se encontrar na rua ou em filas de Bancos, os burburinhos aumentaram. Pior ainda, foi o medo que se instalou naquele povoado. Ninguém queria ser a próxima vítima do assassino da mala.

O delegado estava de mãos atadas. De um lado o sumiço do Josias que todos os dias era lembrado pela dona da pensão. Ela não lhe dava sossego. Do outro, aquele corpo misterioso que surgiu, de repente, das profundezas das águas. Se não fosse a estiagem aquela mala estaria no fundo do rio. E para completar, o dono da banca de revistas questionou sobre o suicídio da faxineira.

Várias testemunhas apareceram para dizer que a Rosa não estava deprimida. A morte dela era estranha. O dono da banca contou sobre a revista com a matéria sobre o lançamento do livro do Cassiano, que ela havia comprado. Afirmou que ela ficara com uma expressão de curiosidade ao ver a foto do escritor abraçado com outra mulher.

Era muita coisa acontecendo, ao mesmo tempo, para a cabeça de um homem que pensava, apenas, na aposentadoria que estava próxima. Lidar com a cobrança do povo estava sendo difícil e ele teve que pedir ajuda. Será que havia ligação entre os casos? A dúvida brotou e se instalou na sua mente.

Um investigador ficou encarregado de pesquisar sobre a vida do Cassiano, o escritor que morou ali, naquela cidade por dez anos e era um homem recluso. Foi patrão da Rosa e ela o viu pela última vez, quando ele foi embora, de acordo com as informações. Quem sabe ele pudesse falar alguma coisa sobre a faxineira, que poderia ajudá-lo na investigação.

Provavelmente, o Josias teria ido se encontrar com o escritor no réveillon, pois não descobriram outro amigo ou parente dele que morasse no sul do país. Mas, e aquele corpo destrinchado dentro da mala? O que tinha a ver com a morte da faxineira e o sumiço do agente?

De uma coisa o delegado tinha certeza, uma hora a verdade apareceria. E se aqueles casos fossem solucionados enquanto ele estava na ativa, melhor ainda! Ele poderia curtir sua aposentadoria com a sensação do dever cumprido.
Os restos mortais encontrados dentro da mala pertenceram a uma mulher. Desde que a notícia se espalhou as mulheres ficaram aterrorizadas. Será que havia um maníaco por ali e em breve esquartejaria outra?

No navio, certa noite, Suzana teve um sonho estranho, uma moça parecida com aquela da revista, abraçada com o Cassiano, dissera a ela que tomasse cuidado. O perigo estava muito próximo. Ela acordara sobressaltada com os olhos fixos no marido.
- O que está acontecendo? - perguntara a si em silêncio.

Esse mesmo sonho se repetiu por três noites seguidas, sendo que no terceiro sonho viu seus pais implorando que se afastassem daquele homem. Aqueles sonhos ficaram martelando na sua mente e ela fez o possível para que seu marido não notasse que ela estava preocupada com alguma coisa.

Suzana tomou uma decisão. Na próxima parada para visitarem a cidade, ela daria um jeito para ir sozinha. Começou a arquitetar um plano mentalmente. Pensou em todos os detalhes. Na reportagem havia o nome da cidade onde o Cassiano morou com a Belinda. Ela precisava falar com alguém que tivesse convivido com ele.

Na véspera do navio atracar no porto de Málaga, na Espanha, ela passou a noite com ele na sala de jogos. Incentivou-o a beber até o ponto em que ele ficou bêbado e sem condições de continuar jogando.

Ao levá-lo para a cabine foi pensando no tempo em que estavam a bordo. Eles haviam embarcado em Santos há mais de uma mês. Tinham viajado de avião até São Paulo e tomado um táxi até o porto. Com tantas atividades de lazer e atrações no navio, para Cassiano só interessava o salão de jogos.

No dia seguinte, ela saiu bem cedo, com todo o dinheiro que conseguiu pegar do marido.  Levou só os documentos e deixou um bilhete ao lado da cama, sobre o criado mudo.

"Querido, vou fazer umas compras na cidade e visitar os pontos turísticos. Não precisa ficar preocupado por eu sair sem você. Sei me virar sozinha. No final do dia estarei de volta e poderemos passar a noite bem juntinhos, vendo um filme.
Beijos carinhosos,
Su."

Suzana saiu dali com os demais passageiros e assim que chegou no centro comercial, pegou um táxi e foi para o aeroporto. Usando seus documentos verdadeiros pegou um voo com destino a São Paulo. Teve sorte em conseguir uma passagem. Passaria a noite num hotel e no dia seguinte pegaria um ônibus para o interior. Ela pretendia passar uns dias na cidade onde o Cassiano morara por muitos anos.

Pensou no marido e na reação dele ao perceber, no final do dia, que ela não retornara do passeio com os outros passageiros. Provavelmente, pensaria que ela tinha se perdido. Procuraria o guia para obter informações sobre o paradeiro dela. O que ele faria? Desistiria da viagem e ficaria em Málaga até ter notícias dela? Ele iria procurá-la pelo nome falso? Tinha esperança que sim.

Mas, se ele usasse o verdadeiro em algum momento, ela já estaria longe. E ele poderia pensar que ela voltara para casa, na fazenda. Jamais passaria pela cabeça dele que ela iria para o interior atrás de informações sobre o seu passado.

Num hotel simples, indicado pelo taxista, Suzana passou a noite. No dia seguinte, saiu pela manhã, comprou algumas mudas de roupa e uma bolsa de viagem. Foi para a rodoviária e pegou o ônibus para o interior. Observando a paisagem por onde passava, refletia sobre o seu envolvimento com o escritor. Ela que se orgulhava de ser uma mulher independente, uma profissional competente, responsável, num piscar de olhos tinha abandonado tudo por causa de um homem?

Seu relacionamento anterior não dera certo por causa das mentiras. Seu ex era um sedutor barato que não podia ver um rabo de saia como dizia sua mãe. Quando conheceu Cassiano achou que com ele poderia ser feliz. Será que se enganara mais uma vez?

Ao descer na rodoviária da pequena cidade saiu caminhando a procura de um hotel. Parou na banca de revista onde foi recebida com um sorriso.

-Boa tarde, a senhorita deseja comprar uma revista?
-Boa tarde, meu senhor! Estou procurando um hotel, tem algum nas proximidades?
- Olha, moça, não temos nenhum hotel de luxo por aqui, mas temos a pensão da Nair.

O que o Cassiano faria se soubesse que a Suzana estava ali na cidade onde ele havia cometido alguns crimes? Que ela iria se hospedar justamente na pensão onde a dona estava procurando o Josias, seu agente?


Devem estar se perguntando, quando esse vil criminoso será descoberto?
Calma! A Suzana já está desconfiada de alguma coisa. Quem sabe, em breve, ela descobre a verdade sobre o seu amado?

Continue acompanhando a história...


Obrigada pela visita!

Beijos,
Cidália.









70 comentários:

  1. Ela nem desconfia do perigo que está correndo! Ah se ele desconfia e vai atrás dela! Psicopatas costumam ser muito inteligentes! Ui! Eita suspense bom e agoniante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois, é! Coitada!!
      Obrigada pelo carinho de sempre, Vera!

      Beijos. ❤

      Excluir
  2. Meu Deuuuus, adoro contos! Seu blog é todo voltado a conto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Caroline!
      Que boa notícia!! Sim, tem muitos postados!

      Obrigada, bjos.

      Excluir
  3. Oh God! Que agonia hahaha amei o blog! Ele é só de contos, tem fanfic?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ariane!
      Oba, que bom!! Tem muitos contos, todos escritos por mim.

      Obrigada, bjos

      Excluir
  4. Nossa!!! Realmente todo cuidado é pouco!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Adorei seu conto e me deixou com gostinho de quero mais!
    Parabéns pela bela escrita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Que bom! Aguarde, no domingo postarei mais um capítulo.

      Obrigada, beijo!

      Excluir
  6. Nossa! Adorei o conto! Envolvente e instigante. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Uau, eu adorei o conto.. ter toma cuidado né. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Cidália, adorei a narrativa.
    Parabéns pelo conto.
    Abraços,
    Uiara Melo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Uiara!
      Oba, que bom que você gostou!!

      Obrigada, abraços.

      Excluir
  9. Muito bom, Cidália. São capítulos de um livro que está escrevendo? Partes de um conto? Muito curioso com esta história.

    Continuarei acompanhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rob!
      Eu havia escrito apenas um conto bem curto, daí alguns leitores pediram que eu continuasse a história. Então comecei a escrevê-la em partes.
      Obrigada pelo apoio!

      Oba!! Abraço.

      Excluir
  10. Bela narrativa. Você desenvolveu o texto muito bem! É um livro completo? me deixou curiosa!
    Parabéns!

    Bjooos
    https://passageirodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado! Comecei com uma história curta e atendendo alguns pedidos, comecei escrevê-la em capítulos.

      Obrigada pelo apoio!
      Beijo.

      Excluir
  11. Olá.
    Acho que li uns 2 posts, ainda não peguei do incio para entender certinho, mas sua escrita é muito envolvente, estou curiosa para a continuação.
    Parabéns pelo talento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Muito obrigada pelo apoio!!
      No domingo postarei mais um capítulo.

      Beijo!

      Excluir
  12. Oi, tudo bem?
    Nossa, que mistério é esse? Eu fiquei mega curiosa para saber o que estava acontecendo na cidade e o porque de tantas mortes e pessoas desaparecidas.
    Se eu puder, vou continuar acompanhando. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline, tudo bem!
      Olha só, que bom!! Espero que você goste.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos.

      Excluir
  13. Já venho acompanhando há algum tempo e cada capítulo me deixa mais aflito e curioso. Seu texto me prende do início ao fim, sem contar nos momentos que fico prendendo o fôlego com medo do que vem a seguir rs. Parabéns mais uma vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha, Frank! Seu comentário me deixou muito feliz!!
      Muito obrigada pelo apoio!

      Abraço.

      Excluir
  14. Amando em 3, 2, 1
    Parabéns pelo texto ^^

    ResponderExcluir
  15. Cidália, será que a Susana finalmente está acordando pra vida? Tenho medo do que o Cassiano possa fazer com ela, caso ela descubra o psicopata que ele é e os crimes bárbaros que ele já cometeu tbm. Ansiosa para o próximo capitulo.
    Beijos minha escritora predileta <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Re! Sim, ela quer saber mais sobre ele!! Aguarde, amanhã postarei mais um capítulo.

      Obrigada pelo carinho, beijos!

      Excluir
  16. Olá
    Comecei a ler, fiquei meio confusa, daí vi que é uma continuação, vou favoritar aqui e ler desde o começo, o pouquinho pareceu uma história bem intrigante, malas achadas submersa, assassinato, suicídio, dever ser bem interessante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniele!
      Oba, espero que você goste! Amanhã postarei mais um capítulo...

      Obrigada pelo comentário!
      Beijo.

      Excluir
  17. Gostei bastante do seu conto parabéns vou reler de novo!!

    ResponderExcluir
  18. nossa nunca tinha viso um blog de contos...adorei vou acompanhar..bjokas

    http://www.divinabelezamulher.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que boa notícia!! Espero que goste!

      Obrigada, bjos.

      Excluir
  19. Gente de contos não sou chegada mas esse me prendeu. Gente que incrível, muito bem escrito parabens pelo trabalho.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, fico feliz sabendo que apesar de você não curtir contos, gostou deste!

      Obrigada pelo apoio, beijos.

      Excluir
  20. Conto super legal que prende a gente adorei muito bem escrito bjo

    ResponderExcluir
  21. Eu adorei esse conto, é o tipo de história que adoro. Fiquei presa do início ao fim.
    Beijos

    www.baudasresenhas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, Luciana! Estou contente com seu comentário.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  22. Meu Deus que agonia, nem sabe o perigo que está se metendo, coitada! Adorei o conto, muito bacana e cheio de suspense. Eu estou começando a curtir mais esse tipo de leitura, adorei!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilha!! Fico feliz sabendo que você gostou!

      Muito obrigada pelo apoio!
      Beijo.

      Excluir
  23. Olá,

    Já faz um tempo que li um outro conto seu, mas a opinião continua a mesma, você tem uma escrita muito bacana e envolvente, o leitor lê o texto que nem sente. E, percebo que a cada novo conto mais informações vão sendo adicionada, estou curiosa pra saber o final dessa história.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thayenne!
      Muito obrigada pelo comentário e apoio! Suas palavras me deixaram feliz!!
      Amanhã postarei mais um capítulo, aguarde!

      Beijo.

      Excluir
  24. Oie!
    Nossa, fiquei bem curiosa!
    É até crueldade, deixar em suspenso assim! gostei bastante da narrativa, está ótima!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carla!
      Que bom que você gostou! Aguarde o próximo capítulo neste domingo.

      Obrigada pelo apoio!
      Beijo.

      Excluir
  25. Oiii!

    Eu estou acompanhando aos pouquinhos a história e estou feliz com a evolução da sua escrita e com o desempenho do enredo!
    Parabéns!

    Beijnhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Paula!
      Olha só, que bom!! Obrigada pelo apoio e elogio!

      Beijo.

      Excluir
  26. Oi!
    Nossa, quanto suspense! Fiquei presa na trama mesmo sem ler desde o início, graças à sia narrativa misteriosa.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa!
      Que legal!! Aguarde o próximo capítulo que será postado amanhã.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijo.

      Excluir
  27. Olá.
    Crime Perfeito está virando série aqui heim, deixa os leitores com o coração na mão esperando os próximos capitulos. Está muito envolvente, me deixou curiosa heim...
    Parabéns pelo talento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Oba, seu comentário me deixou muito feliz!! Amanhã postarei mais um capítulo!

      Obrigada pelo apoio!
      Beijo.

      Excluir
  28. Cidália que mistério, esse crime vai dá o que falar, fiquei muito curiosa, Cidália tenha um bom final de semana bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lucimar, vai sim! Amanhã postarei mais um capítulo, aguarde.

      Muito obrigada, igualmente!!
      Beijos.

      Excluir
  29. Olá!

    Não conhecia seus contos, mas curti bastante esse! Vou clicar pra acompanhar os anteriores e esperar pelos próximos, parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kamila!
      Que beleza!! Espero que goste dos outros capítulos!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  30. Esse misério esta cada vez melhor , ainda bem que Susana foi avisada nos seus sonhos e acreditou ,coitada que sufoco entregou seu amor a pessoa errada , tomara que ela consiga acabei de ler me deu até arrepio .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que a história esteja te agradando, Cleuza!

      Muito obrigada pelo comentário e apoio!!
      Beijos.

      Excluir
  31. Não costumo ler muitos contos, mas esse mistério que você criou me deixou bem intrigada. Fiquei curiosa para ler a continuação. Parabéns pelo talento!

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só, que legal, Glaucia!!
      Aguarde os próximos capítulos!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  32. Demorei um tempinho para passar por aqui devido algumas correrias diarias, e encontro mais este trecho deste conto que nos deixa em suspense e querendo ler mais, ja estou curiosa para saber como vai terminar, e cada risco que a Suzana tem corrido. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luma!!
      É bom saber que você gostou deste capítulo! Aguarde os próximos!!

      Obrigada pelo apoio, beijos.

      Excluir
  33. Olá!
    Estou muito curiosa para saber o que vai acontecer, estou com muito medo pela Suzana, ela está correndo perigo a cada minuto que passa
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina!
      Aguarde os próximos capítulos!!

      Muito obrigada pelo comentário!
      Beijos.

      Excluir
  34. Olá, tudo bem?
    Adoro como você desenvolve as narrativas nos contos, acompanhei vários aqui já. Esperando ansioso pelos próximos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem!!
      Oba, que boa notícia! Aguarde!!

      Obrigada, abraço.

      Excluir
  35. Oi, Cidália. Que história, ótima. Eu estou com medo do que pode acontecer com a Suzana, se o Cassiano descobre o que ela está fazendo. Mas estou torcendo para que ela ajude a desmascarar esse assassino perigo. Estou amando cada capítulo. Triste por não ter lido antes. Estou indo para o próximo capítulos :D
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro!
      Estou feliz sabendo que está gostando da minha história.
      Muito obrigada!!
      Abraço.

      Excluir