domingo, 5 de fevereiro de 2017

09- Crime perfeito (desconfiança)


Suzana e Cassiano, usando os nomes falsos, fizeram algumas amizades durante a viagem. Reuniam-se na sala de jogos ou às refeições. Ali, as horas passavam, entre um drinque e outro. O casal nem parecia o mesmo de antes. Cassiano estava sempre com um copo na mão. Volta e meia ia dormir bêbado, coisa que para a Suzana era novidade. 

Ela passara a observá-lo com atenção. Desde que entraram naquele navio, o comportamento do escritor começou a ficar diferente. Aos poucos foi deixando-a de lado, sem pegar no seu pé como fazia antes. Na fazenda ele queria dominá-la, como se fosse seu dono e ali deixava-a livre. A presença dele na sala de jogos era constante e Suzana, após um mês, começou a sentir-se cansada. 

Aquela rotina deixara de ser atraente. Chegaram a participar de alguns passeios terrestres durante algumas paradas, porém, nada daquilo era o que havia imaginado. Quando ele comentou sobre a viagem esperava uma lua de mel com passeios românticos. No fundo era uma mulher sonhadora e por isso jogara tudo para o alto, inclusive seu trabalho. Queria viver um conto de fadas ao lado do homem que a faria feliz pelo resto da vida.

Não pensou duas vezes ao apostar no seus sonhos. Precisava sentir-se protegida como sua mãe fora pelo marido. Queria que seu companheiro fosse como seu pai, um homem à moda antiga. Chegou a sentir saudades dos dias que viveram em Milão. 

Os jogos tornaram-se viciantes para Cassiano. Os jogos e a bebida. Numa noite de sábado, o casal participou de um baile de gala. 
- Você sabia que eu queria vir ao baile, poderia ter bebido menos hoje. - dissera a Suzana.
- Pode ficar sozinha se quiser, prefiro voltar para a sala de jogos. - resmungou o Cassiano.
- Você passou a tarde enfiado naquela sala, querido. Agora eu gostaria de dançar com você.
- Não gosto de dançar, só aceitei vir ao baile para te fazer companhia.
- Bela companhia! É melhor voltarmos para a cabine. 
- Querida, o comandante está fazendo um sinal para nós, vamos ver o que ele quer.
- Por favor, seja educado com ele, Cassiano.
- Não ouse me chamar por esse nome perto de qualquer pessoa. Sou Joel, esqueceu Ilana?
- Não se preocupe, não pretendo ser acusada de falsidade ideológica.
- Melhor assim, para nós dois.

O comandante ao perceber que o Joel (Cassiano) estava bêbado, convidou o casal para sentar-se à sua mesa. Assim poderia controlar a situação, não queria confusão naquela noite. 

Os casais estavam dançando animadamente e a Suzana viu que seu marido estava quase dormindo, apesar da música alta. Pediu licença e se retiraram, já tinha passado vergonha demais. 

Ao colocar o marido na cama após tirar a sua roupa, ouviu-o chamá-la por outro nome, Belinda. Foi dormir pensando naquele nome. No meio da noite acordou com os gritos do Cassiano. Os pesadelos voltaram a perturbá-lo.
- Fique longe de mim, você está morta no fundo do rio.

No dia seguinte, Suzana levantou cedo e foi para o convés principal para aproveitar o silêncio da manhã. Olhar para o mar azul a tranquilizava. O nome, Belinda, e a frase dita pelo marido durante o sono, não saía da sua cabeça. Lembrou que o Cassiano não entrara em detalhes sobre seu passado. Dissera apenas que estava solteiro. Lembrou, também, a pergunta feita pelo Josias, se o Cassiano estava sozinho em Milão, porque ele tinha viajado com a mulher para fazerem as pazes.

Aquele pensamento tardio causou-lhe arrepios. Ela esquecera-se daquela conversa com o agente. Bom, na verdade não tinha sido uma conversa. Assim que ele fizera a pergunta ela fora afastada pelo Cassiano. Depois, acabou-se distraindo-se com outra coisa e esquecera aquela frase.

Assim que voltassem para casa ela daria um jeito de se comunicar com a editora para pedir o contato do agente. Precisava saber de mais detalhes sobre a tal Belinda. Não ia perguntar ao marido, pois se ele omitira o assunto, provavelmente, não lhe daria ouvidos, agora.

Continuou ali por mais algum tempo saboreando aquela paz e assim que começaram a aparecer as pessoas para curtirem a piscina, ela voltou à cabine. Ficou horas olhando para o escritor enquanto refletia sobre seu relacionamento com ele. Ela agira como uma adolescente sem juízo? Mal acabara de sair de um romance sem futuro e se iludira ao esbarrar naquele homem. Tudo acontecera tão rápido e ela deixou-se levar por uma paixão arrebatadora.

- Querida, bom dia! - Cassiano espreguiçou-se na cama. - O que aconteceu, perdeu o sono?
- Ah, oi, bom dia, meu amor! Resolvi fazer um passeio bem cedo para aproveitar o silêncio.
- Estou deixando-a de lado? Quando eu a mimava com o chazinho antes de dormir, você não saía sozinha. 
- Não se preocupe, estou bem. - Suzana não queria despertar suspeita. - Hoje vou acompanhá-lo à sala de jogos, Joel querido, rsrsrsrs.
- Ilana, meu amor, você é uma ótima companhia! 

Após o almoço os dois foram para a sala de jogos e enquanto o marido jogava com os outros homens, Suzana começou a folhear algumas revistas que estavam numa mesinha no canto do salão. Eram revistas antigas, mas serviam para passar o tempo. Na terceira revista que abriu viu uma foto do Cassiano com uma mulher. Assim como ela o reconheceu, outras pessoas poderiam reconhecê-lo. 

Leu os nomes e descobriu que era a tal Belinda. A reportagem falava sobre o fracasso de um dos livros do autor logo que ele se mudara para o interior. Dizia que a mulher era muito ciumenta e barraqueira e que ele perdera a inspiração.

Olhando para os lados Suzana guardou, disfarçadamente, a revista na sua bolsa. Imaginou que ninguém tivera a curiosidade de olhar aquelas revistas por serem tão antigas. Do contrário, alguém teria reconhecido o escritor. Se descobrissem que ambos estavam usando nomes falsos, seria terrível. Ela começou a ver uma revista de moda e horas depois, vendo que o marido estava bebendo muito e perdendo o jogo, ela levou-o embora dali. 

- Se você não me acompanhar, vou falar seu nome bem alto. - ela cochichou no seu ouvido.
- Minha esposa quer a minha companhia, mais tarde voltarei. - ele falou se dirigindo aos companheiros do jogo.

Ao chegarem à cabine, Cassiano caiu com roupa e tudo na cama. Suzana nem teve tempo de lhe mostrar a revista. Talvez fosse melhor assim. Ele estava sem condições de manter uma conversa. Suzana tentaria descobrir mais alguma coisa por conta própria. Poderia pagar para usar a internet do navio para fazer uma pesquisa, mas achou melhor esperar mais um pouco.  Teria que ser prudente. Não queria que o Cassiano pensasse que ela estava desconfiada. 

Procuraria aproveitar a viagem e os passeios que teriam pela frente.  Os problemas, se é que existiam, poderiam esperar. 

Se a Suzana sonhasse o tamanho do problema que a acompanhava na pessoa do seu marido! 


Seguem os links para quem se interessar em ler os capítulos anteriores:


Agradeço a cada um de vocês pela visita!

Posso demorar um pouco para responder, mas respondo todos os comentários.

Beijão,

Cidália.

60 comentários:

  1. Oi!
    Li os primeiros parágrafos e fiquei muito curiosa pra saber como os personagens chegaram a essa situação. Já salvei a página pra iniciar a leitura desde o início.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa!
      Olha só, que bom!! Espero que goste da história!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  2. A escritora tem um estilo delicioso
    , a gente lê com avidez, pois o suspense está eletrizante! Amei o capítulo de hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz sabendo que você está gostando da trama, Vera!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  3. Até que enfim a Suzana está acordando ,tomara que ela descubra quem é Cassiano antes que ele cometa mais um crime estou adorando esse suspense a escritora tem estilo próprio .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Cleuza, tomara!!
      Que bom que você está gostando!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  4. Oi, Cidália!
    Amei sua historia e fiquei curiosa com o destino de Suzana e Cassiano. Na medida que tiver tempo, vou lendo a sequência. Parabéns! Abraço, Drica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana!
      Oba, estou contente, sabendo que você está gostando da trama!!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  5. Gostei demais do enredo.. vou ler depois com mais calma.
    Beijos e uma semana maravilhosa!
    DMULHERES@_sheylaxavierFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que ótima notícia, Sheila!!

      Obrigada, igualmente!
      Beijos.

      Excluir
  6. Respostas
    1. Oba, que bom!!
      Aguarde o próximo capítulo!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  7. Nossa tá ficando cada vez mais interessante. Esperando o próximo.

    ResponderExcluir
  8. Menina já te disse várias vezes, vai pro Wattpad, coloca sua história lá, tem muitos olheiros de editoras, com essa escrita maravilhosa com certeza vão querer publicar!
    Bjs
    Lét
    AMEEEEI

    https://ddreamsoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Let!
      Já tenho uma história no Wattpad, "A casa ao lado" e vou colocar esta também.
      Muito obrigada pelo apoio!

      Beijo.

      Excluir
  9. Boa tarde flor, eu vou ler do começo, você escreve bem demais!
    Estou seguindo seu blog pra não perder esse enredo!

    Um dia de muitas alegrias pra você!
    Beijos 😘
    Minhas Inspirações por Sara Menezes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sara, boa tarde!!
      Oba, que bom, obrigada pelo apoio!

      Pra você também, beijos.

      Excluir
  10. Oiii Cidália, tudo bem?
    Estou gostando bastante de acompanhar essas suas postagens cada novo capítulo me sinto apaixonada e viciada em querer ler mais e mais, te desejo muito sucesso.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Morgs, tudo bem!
      Fico muito feliz com o seu apoio, obrigada!

      Beijinhos.

      Excluir
  11. Eu fico abismada como Cassiano é um cara grotesco (aliás, parabéns pela construção do personagem). Estou muito feliz que Suzana está caindo em si! Adoro sua história! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo apoio, Gi!!
      Pois é, ainda bem! Oba!!

      Abraços.

      Excluir
  12. Hahaha Parabéns pelo texto! Gosto muito de conhecer talentos como você. A construção dos personagens é o que mais me chama atenção. A história é bem concisa. Já sou Fã ^^

    Att,
    Gabriel José

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabriel José!
      Você não imagina como seu comentário me deixou feliz!!

      Muito obrigada pelo apoio!
      Abraço.

      Excluir
  13. Olá.
    Não conhecia seu blog e fiquei bem animada. Vou dar uma lida nos capitulos anteriores, mas já amei esse, achei muito interessante, bem fluido e estou curiosa para o que vem depois.
    Parabéns pela escrita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Que bom! Espero que goste dos demais...Obrigada!!
      Aguarde, beijos.

      Excluir
  14. Gostei muito desse conto concerteza aguardarei o proximo bjus 😉

    ResponderExcluir
  15. Comecei a ler e fiquei intrigada para saber mais, já li os dois primeiros capítulos e aos poucos lerei os outros. Estou gostando muito.
    Abraços

    http://divagacoesdeleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que maravilha, Andy!
      Espero que continue gostando!!

      Obrigada, abraços.

      Excluir
  16. Conto para lá de agradável. Apesar do tamanho, li de uma vez só praticamente.

    Vidas conjugais sempre dão ótimos romances,, ou suspenses, ou até terror, rs. Muito bom.

    Gostei também da leve ironia no final.

    Abraços, Cidália.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Rob, fico feliz sabendo que você gostou!
      Verdade, concordo!! Obrigada pelo apoio!

      Abraços.

      Excluir
  17. Olá Cidália

    Gostei bastante da forma como você escreve e um tipo de leitura que me prende fácil. Fiquei curiosa para saber o que vai acontecer e entender mais sobre a história. Vou ler os capítulos anteriores para ficar por dentro de tudo. Parabéns

    Um grande abraço! 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gisele!
      Saber a sua opinião me deixou muito feliz, obrigada! Espero que goste dos outros capítulos!!
      Aguarde, obrigada!
      Abraços.

      Excluir
  18. Moça, os seis primeiros links estão quebrados ;)
    Sobre o capitulo, achei bem instigante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada por avisar, vou verificar p saber o que aconteceu.

      Que bom!! Abraço.

      Excluir
  19. Gostei desse capítulo! Ficaram várias dúvidas no ar... Parabéns pela escrita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Suellen!
      Que bom que você gostou!!

      Obrigada pelo apoio, bjos.

      Excluir
  20. Olá!
    Adorei sua escrita é todo esse suspense. Assim que tiver um tempinho, irei ler todos os anteriores para descobrir sobre este suspense.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Oba, espero que goste dos outros capítulos e acompanhe os próximos!!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  21. Quero saber o que esse Joel aprontou, menina do céu! Amei o capítulo. Vou ler os anteriores. Estou na expectativa para os próximos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que bom que você gostou!! Espero que goste dos outros capítulos.

      Aguarde...
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  22. Estou louco pra ver o desenrolar da história de Cassiano e Suzana, ótimoa história, ótima trama, me deixou mega curioso pra ler o próximo capítulo. Quando vai publicar? Você vai publicar né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Franklin, quem dera!! Publicarei, em breve, no Wattpad!
      Muito obrigada pelo apoio e incentivo!!

      Abraço.

      Excluir
  23. Cih minha escritora maravilhosa, essa historia está cada vez mais eletrizante hein! Já estou louca para saber o desfecho final.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Re!
      Obrigada pelo apoio e carinho de sempre!!
      Aguarde...
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  24. Que coisa mais doida viajar mentindo os nomes, imagina se outra pessoa tivesse visto a revista! Não deve ser nada legal ver a pessoa tão viciada em jogos e bebidas, mas também não devia ser nada legal o quanto ele era controlador antes. Gostei do texto, mesmo que tenha ficado meio perdida por não ter lido os outros... Rs ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ju!
      Que bom que mesmo sem ler os capítulos anteriores, você gostou!!
      Obrigada pelo comentário!

      Bjs.

      Excluir
  25. olá, não conhecia, gostei do enredo, vou salvar para ler os demais capítulos depois com mais calma sem pegar o bonde andando hahaha
    sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom!!
      Espero que goste dos outros capítulos!

      Obrigada, abraço.

      Excluir
  26. Olá, tudo bem?
    São muitos contos ainda desse Cassiano neh?Gosto de como ele tão frio e o enredo se desenvolve.. Quero continuar acompanhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem!
      Sim, tem mais alguns, ainda...
      Que bom que você está gostando!!
      Obrigada, abraço.

      Excluir
  27. Olá.

    Li os primeiros parágrafos e gostei muito do conto. Quero muito ler os primeiros contos para entender bem da história. Você escreve muito bem! Já quero saber oq vai acontecer no final. Espero que você publique em breve!

    Beijos,
    Respire Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marina!
      Espero que goste dos outros capítulos e da sequência!!
      Muito obrigada pelo apoio!
      Beijos.

      Excluir
  28. Cidália. Estou tenso. Espero que a Suzana não levante suspeita, pois do jeito que Cassiano é capaz de tudo, não duvido nada de ele matar ela e jogar no mar. Parabéns. A história está incrível.Indo para o próximo capítulo :D
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Leandro!
      Obrigada pelo comentário e apoio de sempre!!

      Abraço.

      Excluir