domingo, 25 de dezembro de 2016

05- Crime perfeito (dúvidas)


Chegou o dia de participar de mais um evento, o lançamento do seu livro numa cidade próxima de onde estava morando. Dessa vez, Cassiano levaria a Suzana consigo. Teria, apenas, que ficar sempre ao seu lado para não deixá-la sozinha com o Josias, seu agente. Sua preocupação era que ele tocasse no nome da Belinda e sobre Milão.

Suzana precisava se distrair um pouco. Desde a morte dos pais que não saía de casa. Pegara uma licença médica. Andava deprimida, desde então. Volta e meia pensava nos pais e o que teria levado seu pai a dirigir sem notar que tinha algo errado com o automóvel. Ele era um homem prático e cuidadoso.

Ao chegarem à livraria onde aconteceria o evento, os dois foram recebidos pelo Josias.
- É um prazer conhecê-la, Suzana! Você é uma moça muito bonita.
- Obrigada, o senhor é muito gentil.
Cassiano puxou a Suzana pelo braço e a levou para longe do Josias.
- Querida, quero que fique ao meu lado. Gosto da sua companhia. Não trouxe você para que fique tagarelando com meu agente.
- Como quiser, querido. Seu pedido é uma ordem.

Logo, os convidados começaram a chegar e Cassiano tomou seu lugar. Suzana ficou próxima a ele como se fosse sua assistente.
Durante o evento foi servido um coquetel e muitas fotos foram tiradas. Os fãs quiseram fazer selfies com o Cassiano e Suzana deu espaço a ele. Josias aproveitou para se aproximar dela. Estava esperando esse momento para lhe fazer umas perguntas.

- Vocês se conheceram em Milão? O Cassiano estava sozinho quando se viram pela primeira vez?
- Sim, nos esbarramos por acaso, na rua. Por quê?
- Ele viajou com a mulher para se reconciliarem, estavam passando por uma crise.
- Quando nos conhecemos ele disse que estava solteiro. Não entrou em detalhes. Ele não gosta de conversar sobre o passado. Muda de assunto cada vez que faço alguma pergunta.
- Provavelmente não se entenderam e acabaram se separando. Ele comentou que a Belinda conheceu outra pessoa lá. Apenas isso.
Nisso, Cassiano aproximou-se e interrompeu a conversa. Abraçou a Suzana no momento que foram fotografados.
- Querido, não vai convidar seu amigo para passar o final de semana conosco?
- Não, ele tem outros compromissos e vai embora amanhã pela manhã. Dormirá num hotel.
- Que pena, gostei de conversar com ele. Nem terminamos o assunto.

Despediram-se do Josias que ficou chateado. O Cassiano não convidou-o para passar o final de semana com eles. Sabia que, provavelmente, os dois ainda estivessem em clima de lua de mel, mas o Cassiano deveria tê-lo convidado por educação. Pensou na atitude do escritor ao tirar a Suzana do seu lado. Será que estava com ciúme dela?

Alguns dias depois, lá na cidade onde Cassiano morara com a Belinda, Rosa, a faxineira do casal, estava passando em frente à banca de revistas e como sempre fazia, parou para dar uma olhada nas capas. Arregalou os olhos quando viu a foto do seu antigo patrão, abraçado com uma linda mulher, na capa de uma revista. Não pensou duas vezes e a comprou.

Passou aquele dia pensando naquele casal e na sua antiga patroa. Lembrou que ela não havia voltado com o marido daquela viagem à capital e que após algum tempo, o patrão tinha se mudado de lá. Como ele era um homem de poucas palavras não ficou sabendo o que ele fizera com a casa, se a vendera ou alugara. Lembrou que ele dissera que a esposa ficara cuidando de uma amiga que estava doente. Antes de ir embora, o escritor dissera que ia se separar dela e que faria uma viagem ao exterior.
- Esses homens - pensou em voz alta - já está com outra!!
Ela sabia que tinha o telefone da antiga patroa e quando retornou para casa, no final do dia, procurou sua agenda e ligou para a Belinda. Tentou várias vezes, mas não conseguiu completar a ligação. Talvez ela tivesse trocado de celular e mudado o número. Naquela noite foi dormir pensando na vida. A imagem do ex patrão abraçado com outra não saía da sua cabeça. Sonhou com a Belinda. Ao acordar tentou lembrar do sonho, porém não conseguiu. Tentaria entrar em contato com o escritor para saber as novidades. Como faria para falar com ele? 

Não tinha seu telefone; era a Belinda que falava com ela sempre que precisava. Será que o encontraria nas redes sociais? Fuçou, mas só encontrou as notícias relacionadas a ele. Numa dessas notícias descobriu o nome do seu agente. Conseguiu localizar seu e-mail e entrou em contato com ele.

"Olá, tudo bem?
Talvez o senhor não se lembre de mim, mas numa de suas vindas à casa do escritor Cassiano, aqui no interior, eu estava terminando uma faxina no escritório dele quando vocês entraram. O senhor se dirigiu a mim educadamente e me cumprimentou.
Deve estar se perguntando qual o motivo deste e-mail, pois bem, tentei entrar em contato com a dona Belinda no telefone que tenho, mas não consegui. Gostaria de ter notícias dela. Não tenho o contato do seu Cassiano e fiquei muito curiosa sobre o paradeiro da dona Belinda, depois de ter visto uma foto do meu ex patrão com outra mulher.
Lembro do dia em que ele foi embora sem olhar para trás. Eu havia ido fazer o meu trabalho e ele me dispensou, dizendo que ia embora para o exterior. Ia se separar da mulher. Naquele momento, nem sei o que pensei. Fui embora, precisava procurar outra casa para preencher a minha semana. Acabei não pensando mais nos dois.
Sabe como é, a vida é corrida e preciso trabalhar para sustentar meus filhos. Mas, agora, vendo a foto dele com outra mulher, comecei a sonhar com a minha ex patroa. Gostaria de saber se ela voltou para buscar as coisas dela. Todos aqueles trabalhos de artesanato que ela fazia e tinha tanto cuidado com eles. Ele não deve ter levado tudo naquele dia, mesmo se ele quisesse não caberia no carro. Eram peças feitas de argila e gesso. Ela tinha tanto ciúme das suas artes como tinha do patrão.
Espero que o senhor tenha notícias dela e me responda, por favor. A casa continua fechada, se ele vendeu o novo dono ainda não apareceu.
Obrigada pela atenção!
Até mais,
Rosa."

Quando o Josias acessou a sua conta e se deparou com aquele e-mail ficou pensativo. Ele também gostaria de ter notícias da Belinda. O único defeito dela era o ciúme exagerado que sentia pelo Cassiano. Com ele sempre fora gentil e simpática. Ligou para Cassiano e comentou sobre o e-mail que recebera da Rosa. Perguntou sobre a casa do interior e ele dissera que estava a venda, mobiliada. Não sabia se a Belinda tinha ido buscar suas coisas, ela tinha uma chave da casa e podia ir lá quando quisesse. Ela não entrara mais em contato com ele.

Josias respondeu o e-mail da Rosa e marcou um encontro com ela dentro de duas semanas, quando ele estaria livre dos compromissos. Se a casa estava à venda ele se mostraria interessado, assim poderia entrar lá, pegando a chave na imobiliária. Queria se certificar de que as obras de arte tinham sido levadas pela Belinda.

Cassiano ficou preocupado com a notícia de que a faxineira estava curiosa sobre o paradeiro da Belinda. Precisava dar um jeito nela. Não queria ninguém xeretando sua vida. Naquele mesmo dia, disse à Suzana que precisava se encontrar com o agente e que ficaria dois ou três dias fora. Ela já estava melhor e voltara ao trabalho. Ficaria bem sozinha. No dia seguinte, alugou um carro com um nome falso e viajou para a cidade onde morava. Chegou a noite e foi direto para sua casa. Achou o endereço dela numa agenda da Belinda e foi procurá-la. Já passava das onze da noite quando ele bateu a sua porta. Ela atendeu achando que fosse algum vizinho precisando de ajuda. As crianças estavam dormindo, eram dois meninos, um de cinco e outro de oito anos.

Assim que ela abriu a porta sentiu uma mão que lhe sufocou. Estava escuro, ela caiu desmaiada. Cassiano a arrastou para a cozinha!

Pobre Rosa, mais uma vítima do cruel Cassiano!

Não perca o próximo capítulo!!

Sua visita me deixa muito feliz, obrigada!

 Para quem não leu os capítulos anteriores, seguem os links:

 http://contosdacabana.blogspot.com.br/…/11/crime-perfeito.h…

 http://contosdacabana.blogspot.com.br/…/crime-perfeito-reco…

 http://contosdacabana.blogspot.com.br/…/crime-perfeito-pesa…

http://contosdacabana.blogspot.com.br/…/crime-perfeito-novo…

Beijos,
Cidália.

47 comentários:

  1. Jisuisss!!! Agora, decididamente, a escritora está lidando com um serial killer! Suspense eletrizante!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkk!!
      E vem mais por aí, Vera, aguarde!

      Obrigada, beijos ❤

      Excluir
  2. Que suspense ,fiquei preocupada com os filhos de rosa ,esse assassino é frio e calculista acho que ele ainda vai fazer mais vítimas ,estou amando essa história feliz 2017 Cidalia ,que no próximo ano venha muitas histórias lindas e quem sabe um ou mais livros !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Cleuza! Ele é muito frio!
      Obrigada, feliz 2017 a você também!!

      Que os anjos digam amém!
      Beijos ❤

      Excluir
  3. Nossa em.plena semana de ano novo, todos sendo muito amáveis e você sendo mal e terminando a história Assim. Muito curiosa com o resto é aguardando ansiosamente. Beijos e feliz ano novo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Hahahahaha! Desculpa!! Não deu para fazer diferente!
      Oba!! Aguarde...

      Obrigada, beijo! Feliz 2017 a você, também!

      Excluir
  4. Olá, então ainda tinha mais histórias assim? Gostei de como tudo se desenvolveu e fiquei perplexo com algumas situações. Parabéns'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Sim, estou escrevendo em capítulos. Que bom, oba!

      Obrigada.

      Excluir
  5. Olá,

    Gostei muito da forma que você desenvolveu a história, a trama é interessante e fiquei bem curiosa pela continuação.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Fico feliz sabendo que você está gostando da história!

      Obrigada, abraços.

      Excluir
  6. Cidália!
    Que issoooo? Um arraso. Parabéns!
    Até eu, que estou entrando no gênero ainda, estou amando sua história.
    Aguardo o próximo capítulo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Catrine!
      Nossa, que bom saber que você está gostando da história!
      Oba, aguarde...

      Obrigada, beijo!

      Excluir
  7. Não li as outras partes do conto, mas nossa!!! senti o suspense daqui, fiquei até tensa, adoro um bom mistério, irei super voltar as outras partes para conferir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que boa notícia, Gabriela, volte sim! Oba!!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  8. Oi, não li as outras parte, ao menos, não recordo, mas, parabéns pela escrita e espero que conquiste muitos leitores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian!
      Muito obrigada pelo comentário!

      Beijos.

      Excluir
  9. Oi!

    não curto ler uma história picadinha! Mas gostei da deia!

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Sua história está ótima! Eu acabei preferindo deixar alguns capítulos acumularem pra ler de uma vez porque a curiosidade me mata rsrs... Já estou curiosa pro próximo!
    Parabéns, você escreve muito bem :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Letícia!
      Seu comentário me deixou muito feliz.

      Muito obrigada, beijos!

      Excluir
  11. Caramba! Que cara doido! Doido e inteligente, mas até onde a inteligência dele vai sair impune? Quero acompanhar de perto o desenrolar deste historia.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, fico feliz sabendo que você está gostando!
      Pois, é! Vamos ver até onde!! Aguarde...

      Obrigada, bjos.

      Excluir
  12. Eita lasqueira!! oO
    Gostei!! Por que será que eu acho que esse tal de Cassiano tem alguma coisa a ver com a morte dos pais de Suzana...?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que bom que gostou, Andrea! O pior que foi ele mesmo quem deu um jeito de tirar os pais da Suzana de circulação.

      Obrigada, bjos.

      Excluir
  13. Não li os capítulos anteriores mas consegui ler esse sem problemas e fiquei curiosa para ler todos e os próximos também. Coitada da Rosa, quero saber o que vai acontecer mas tenho quase certeza de que ela não vai morrer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Beatriz!
      Que bom, fico feliz em saber que está curiosa pelo desfecho! Será?? Aguarde...

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  14. Oi! Tudo bem?
    Não acompanhei todos os capítulos, mas os que li por aqui só deixar a curiosidade cada vez mais forte! Vou ter que ler os capítulos anteriores para me situar melhor. Adorei, vc escreve muito bem, com ideias claras e enredo envolvente! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sophia, tudo bem!
      Oba, que bom que você gostou!!

      Obrigada pelo elogio, beijos.

      Excluir
  15. Não tenho acompanhado os capítulos, mas por esse que li, vejo que tem uma escrita promissora. O personagem Cassiano me intrigou. Sempre fico de olho nos vilões. E Rosa?! Será que sobrevive?

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio, Nilda!
      Será? Aguarde novas revelações...

      Beijo!

      Excluir
  16. Ai ai ai, Cassiano matando de novo! Esse homem não tem limites mesmo Cih, pena dos filhos dessa pobre mulher!
    Ansiosa pelos próximos capítulos, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Re! Ninguém segura esse homem...
      Oba, aguarde!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  17. Oie!
    Não tenho acompanhado a história, mas gostei muito do capítulo.
    Muito bem escrito e dosado.
    Sabe prender a atenção do leitor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Déborah!
      Que bom que você gostou!
      Obrigada pelo elogio!

      beijos.

      Excluir
  18. Oi Ci, tudo bem?
    Mais um capítulo de tirar o fôlego!! Não vejo a hora de Cassiano se dar mal...meu Deus, ele é um monstro!!! :(
    Ansiosa pelos próximos capítulos!

    Estou amando essa história,Ci. :)
    Beijos
    Lilica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lilica, tudo bem!
      Muito obrigada!! A hora dele vai chegar!
      Aguarde...beijos.

      Excluir
    2. Oba, que bom que você está gostando da história!
      Beijos,
      Cidália

      Excluir
  19. Olá Cidália, tudo bem?

    Achei muito interessante a abordagem, o desenvolvimento da história. Quero ver o que vai acontecer com o Cassiano, se vai se dar mal ou não!
    Gostei muito do capítulo, muito bem escrito!
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem!

      Obrigada pelo elogio, que bom que você gostou!!
      Bjs

      Excluir
  20. Olá Cidalia, passando aqui para conferir mais um capitulo deste conto que esta cada dia mais surpreendente e Cassiano tem se mostrado frio, para cobrir um erro esta cometendo tantos outros, será que vale a pena?! Super beijo da Luma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luma!
      Muito obrigada pelo comentário, sua opinião é importante para mim.

      Super beijo!

      Excluir
  21. Oi, tudo bem?
    Não acompanhei o restante da história, mas gostei bastante dessa parte, quanto estiver menos enrolada com as coisas aqui lerei o restante, salvando o link aqui!!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angélica, tudo bem!
      Que bom!! Espero que você goste dos outros capítulos!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  22. Olá!
    Essa história a cada capítulo que passa só fica melhor! Estou com medo ´pelas filhas da Rosa, tenho a sensação que alguma coisa muito ruim ainda vai acontecer.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina!
      Muito obrigada pelo comentário!!
      Será??

      Beijos.

      Excluir
  23. Oi, Cidália. Tudo bem?
    Gente, esse Cassiano está passando dos limites. Estou começando a ficar com medo dele kkkk
    Eu adoro esse tipo de histórias. Estou amando. Está ficando incrível. :D
    Estou indo mais feliz ainda para o próximo capítulo.
    Abraço! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro, tudo bem!
      Kkkkkkkkkk
      Obrigada pelo comentário, seu apoio me deixa feliz!!
      Abraço.

      Excluir