domingo, 27 de novembro de 2016

01- Crime perfeito


Numa pequena cidade do interior, vivia um casal que, aparentemente, se dava muito bem. Cassiano e Belinda moravam numa casinha simples à margem de um riozinho. Não tinham amigos, apenas alguns conhecidos que encontravam quando iam à feira ou ao mercado. Desde que chegaram ali, há dez anos, viviam apenas para o trabalho, não tinham vida social. Ele era escritor e ela artesã, além de dona de casa. Era um casal sem filhos.

As pessoas sentiam um pouco de curiosidade, mas, não tinham como saber alguma coisa a mais sobre os dois, pois, eram muito discretos. Os únicos visitantes que os viam, de vez em quando, eram o carteiro e uma faxineira. Belinda pouco falava com Rosa, a faxineira e Cassiano mal olhava para o carteiro, apenas recebia a encomenda sem trocar mais de duas palavras.

Num dia chuvoso, de inverno, saíram de madrugada para ir à capital. Cassiano parou no posto para abastecer o carro e o frentista puxou conversa, mas ele foi antipático com o rapaz. Belinda estava com a cabeça encostada no banco, com os olhos fechados. Acordaram muito cedo e ela estava com sono.

Quando os dois chegaram à Capital, se instalaram num hotel simples. Cassiano não queria ser reconhecido, afinal, havia sido um escritor famoso. Estava conseguindo viver no anonimato, porque, no lugar que escolhera para viver, os poucos habitantes não tinham o hábito de ler. O passatempo deles era a televisão e fazia tempo que ele deixara de aparecer na TV.

Assim que entraram no quarto do hotel, Belinda se transformou. Nem parecia mais com a velha companheira dos últimos tempos. De repente, se tornou uma pessoa chata, autoritária e egoísta. Cassiano ficou sem entender aquela mudança repentina. O que estava acontecendo com ela?

– Bel, por que você está se comportando dessa maneira?

– Eu preferia ter ficado em casa, não quero vê-lo rodeado de mulheres.

– Minha querida só nós dois estamos aqui. Não há e nunca houve mais ninguém.

– Pensa que não reparei como aquelas moças da recepção olharam para você?

– Nem notei! Você está imaginando coisas. Só viemos para cá porque tenho uma reunião com o meu agente.

– Por que ele não foi se encontrar com você na nossa casa como das outras vezes?

– Ele não pôde e eu trouxe você comigo para que se sentisse mais segura.

Belinda era uma mulher ciumenta e possessiva. Foi por isso que Cassiano resolveu morar numa cidadezinha do interior do estado. Ele a amava muito e se davam bem quando estavam sozinhos. Enquanto ele escrevia, ela saía para fazer as compras e cuidava dele com carinho.

Já se arrependera de levá-la junto, pois, sabia que aquele final de semana seria um inferno. Ele já passara por isso algumas vezes antes da mudança. Chegara ao ponto de pedir a separação e só mudara de ideia, porque, ela prometera que não faria mais ele passar vergonha diante dos amigos.

Durante dez anos ela mantivera a promessa, pois, viviam longe das pessoas. Chegaram a cortar relações até mesmo com os únicos parentes, uns primos de segundo grau. Esses parentes chegaram a telefonar algumas vezes, porém, Cassiano sempre inventava alguma desculpa para não recebê-los. Cansado das insistências, ele trocou o número do telefone.

Naquela noite se encontraram com o agente e sua secretária no restaurante do hotel. Bastou Cassiano fazer um pequeno elogio à moça para que Belinda virasse uma fera. Levantou-se e foi para o quarto sem terminar seu jantar. Cassiano continuou a conversa e depois que resolveram o assunto sobre seu novo livro, despediu-se e foi para o quarto. Chegando lá encontrou uma mulher transtornada que acabou tirando-o do sério. Ele havia bebido demais e num acesso de raiva apertou o pescoço dela e a sufocou. Não queria ouvir a sua voz. Em seguida, colocou-a na cama e deitou-se ao seu lado.

No dia seguinte, quando acordou e viu que a esposa estava morta, ficou desesperado. Ele não queria ter feito aquilo e também não queria ser preso. Então, a única coisa em que pensou foi ocultar o corpo. Depois que se acalmou, desceu para o café e saiu em seguida para comprar um facão e uma mala.

Cortou o corpo em pedaços e colocou-os dentro da mala. Não deixou nenhum vestígio no quarto. Preocupou-se com os mínimos detalhes. Na saída do hotel quando perguntaram pela esposa, na recepção, ele disse que ela havia saído bem cedo, antes do café, para se encontrar com uma amiga.

Quando ele fez o checkout, não era o mesmo funcionário que os recebera. O moço nem se deu ao trabalho de questionar qualquer coisa. Estava mais preocupado com alguma coisa que via no celular. No caminho de volta para casa, Cassiano parou sobre uma ponte e assim que viu que não vinha ninguém, jogou a mala no rio. Ele tivera o cuidado de deixar o corpo irreconhecível.

Na segunda-feira, quando a faxineira perguntou pela patroa, Cassiano contou que ele e a esposa haviam viajado no final de semana e que ela ficara na Capital para cuidar de uma amiga que estava doente. Rosa acreditou nele, afinal, não tinha motivo para desconfiança.

Ele já tinha tudo planejado. Ficaria ali por mais um mês e depois falaria à faxineira que a esposa pedira o divórcio e ele iria morar no exterior. Diria apenas isso. Talvez, no futuro escrevesse um livro de suspense sobre o assunto.

Não era fácil fingir que tudo estava bem. Precisava ser frio e calculista para manter aquele momento de desatino em segredo. O ciúme exagerado da sua esposa tirava-o do sério, porém ele não queria ter chegado ao extremo. Por que fizera àquilo? Teria que viver com aquela culpa para o resto da vida. Mas, também, não pretendia passar a vida numa prisão.

Durante um mês ele agiu como sempre, como se nada tivesse acontecido. Se a faxineira pedia notícias da patroa, dizia que ela estava bem. Não viu nenhuma notícia sobre o corpo da esposa nos jornais. A correnteza, provavelmente, deve ter levado a mala com o corpo para longe.

Numa certa manhã, quando a faxineira chegou e viu as malas prontas na sala, Cassiano falou que estava indo embora. Iria se encontrar com Belinda para assinar o divórcio e depois cuidaria da sua vida. Não pretendia continuar morando ali sem ela. Ele dispensou a faxineira, fechou a casa e saiu sem olhar para trás.

Rosa, a faxineira ficou olhando para aquele homem que sempre cobiçara e pensou: "que desperdício!"

Será que Cassiano conseguirá viver com a consciência tranquila depois de cometer tamanha atrocidade?

Caros leitores estou me aventurando em mais uma história sequenciada, atendendo alguns pedidos. Espero que gostem e que acompanhem dando suas opiniões.

Muito obrigada pela visita!
Abraços,
Cidália.


86 comentários:

  1. Que incrível essa postagem, além do mais cheio de suspense! Vou indicar para outras amigas e continuar acompanhando seu blog.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Morgana!
      Fico feliz que tenha gostado.
      Valeu mesmo,
      Abraços.

      Excluir
  2. Nossa, gostei! Não sabia que tinha blogs com esse tipo de postagem ♥
    Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria!
      Que bom que você gostou!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  3. Adorei! Estou curiosa com o que vai acontecer em sequência, você escreve muito bem flor <3
    www.aromadecachos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que legal que você gostou!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  4. Adorei... Primeiro Blog que leio com histórias assim... Quero saber o que aconteceu em seguida... Abraços

    ResponderExcluir
  5. Pelo amor de Deus, me diz que vai ter continuação!!! Será que realmente ninguém vai descobrir o crime de Cassiano? Ele vai aguentar conviver com a culpa?? Tô muito curiosa pra saber!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ter continuação, aguarde!
      Pois é, ele pensa que cometeu o crime perfeito.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  6. Fiquei curiosa pra saber o que vai acontecer com Cassiano,porque afinal não existe crime perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vem mais por aí, aguarde!
      Pois é, ele está muito tranquilo, né?

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  7. Que situação que o Cassiano está passando e vai passar! Infelizmente não tem como esconder o crime pro resta da vida. Um hora a bomba cai e aparece!
    Muito bom a história, Ci!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fale, Quel! O que será que vem pela frente? Aguarde!
      Gostei da sua opinião, obrigada!

      Valeu, beijos.

      Excluir
  8. Olá!
    Eu li avidamente pois adoro um suspense. Mas fico pensando, na cidade ninguém vai ligar , mas o agente dele , uma hora o corpo vai aparecer e mesmo irreconhecível tem outros meios de saber e o pior ela deu um piti no jantar, alguém vai ter que suspeitar... Ele vai cometer algum erro sei lá. Rs
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Márcia!
      Oba, que bom que você gostou!
      Pois é, o Cassiano está muito confiante, né?

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  9. Um suspensezinho bem legal, mas sempre tem aquelas consequencias após esse tipo de coisa. No entanto, como tem sequencia, vou estar esperando pelas proximas postagens, para saber o que acontece.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado!
      Verdade, mais cedo ou mais tarde a verdade vem à tona!
      Oba, aguarde!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  10. Gente,que coisa sinistra e aposto que ele não vai sair de mãos limpas! Só lendo o resto pra saber...

    ResponderExcluir
  11. Vixi, que trama interessante! Aguardando ansiosa os próximos posts!!!

    ResponderExcluir
  12. Gente, gostei demais ! Como pode. Me prendeu de um jeito.
    parabens.

    Beijos da Tay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Tay! Fico feliz em saber que você gostou!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  13. Ele matou a eposa... D: Complicado. Ela não era alguém fácil, mas chegar ao ponto de matá-la e friamente cortá-la em pedaços me enoja. Com certeza tem potencial! Pode continuar, porque talento para a escrita não falta. Só não sei se apoiaria esse personagem (rs).

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela opinião, gostei!!
      Aguarde, vem mais por aí...

      Valeu mesmo, beijos!

      Excluir
  14. Olá!!

    Nossa que texto ótimo! Parabéns, deixou um ótimo suspense! Deveria continuar a história! Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tony!
      Aguarde, vem mais por aí!

      Muito obrigada, abraço!

      Excluir
  15. Adoro suspense Cidália chega me arrepiou só de ler...
    Bjs, Keila
    http://emagrecendonovoestilodevida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Vc como sempre arrasando nos seus contos. Adorei esse também.

    ResponderExcluir
  17. Cidália,
    Seu textos são sempre instigantes e envolventes e achei muito interessante, como sempre.
    Fiquei bem instigada com essa leitura, não sei se a esposa, mesmo sendo o que é, merecia isso. Mas fiquei feliz também, pois seu talento parece estar se acentuando cada vez mais.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna!
      Sua opinião me deixa feliz e motivada a continuar escrevendo.

      Muito obrigada, beijos!

      Excluir
  18. Olá!
    Adoro os seus textos! Será que Cassiano vai conseguir? Eu duvido muito, foi tudo muito fácil para ele e está esquisito, não acredito nisso hahaha Como sempre, não tenho ideia do que irá acontecer, terei que esperar a continuação, como sempre hahahaha
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina, obrigada!
      Será? Pois é, ele está confiante.
      Aguarde...

      Beijos!

      Excluir
  19. Olá, tudo bem? Meninaa que máximo. Você escreve super bem, só tem um problema: ter que aguardar o próximo post. Amando a leitura. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Faby, tudo bem!
      Oba, que bom que você está gostando da minha escrita!
      Aguarde, vem mais por aí...
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  20. Sua escrita é linda, como já falei antes... Já pensou em ir escrever no Whatpadd? É uma plataforma online GRATUITA, tem muitas editoras que publicam livros de lá...
    Como você escreve muito bem, pode ser que dê certo para você!
    Bjuus
    Lét
    https://ddreamsoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, muito obrigada! Estou escrevendo no Wattpad, também! Valeu pela dica!
      Fiquei feliz com seu comentário!

      Beijos

      Excluir
  21. Sou suspeita a dizer gosto muito dos seus contos e contos sequenciais, quero seguir sim por quê gostei muito do outro conto. Este conto de certa forma parece muito com que vemos atualmente na televisão é muito triste quando por impulso de raiva as pessoas tomam atitudes que mudam a vida de delas e de outras pessoas num instante, fora que não somente pela justiça fico imaginando o remorso que ele deve sentir. Super beijo da Luma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário me deixou muito feliz, Luma!
      Gostei bastante da sua opinião.
      Sim, tem acontecido crimes bárbaros ultimamente, na vida real!! Infelizmente!
      Obrigada, super beijo!

      Excluir
  22. E em relação ao marido, acho que ninguém consegue viver tranquilo depois que comete um homicídio, principalmente sendo sua esposa como vítima.
    Adoreeeeeei. Sou louca por suspense e já vou ficar esperando o próximo capítulo.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei bastante da sua opinião, obrigada!
      Oba, que legal!! Aguarde...

      Beijos!

      Excluir
  23. Oi, Cidália, como sempre escrevendo um ótima narrativa, lendo lebrei muito do caso da elize matsunaga que matou e esquartejou o marido, acredito que Cassiano não viverá com a consciência tranquida pois ele não é um assassino cruel ele matou sem a intenção e com certeza virá o remorso. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sandra!
      Obrigada por sua opinião, gostei muito!

      Beijos.

      Excluir
  24. Nossa, que história forte! Ele em momento algum tinha dado sinais de ser tão violento, a ponto de matar a esposa e cortar seu corpo em pedaços. Algo me diz que essa história não irá acabar bem para ele, e estou ansiosa para saber o que irá acontecer!!! Você escreve muito bem!!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a sua opinião, muito obrigada!
      Oba, que legal!
      Aguarde, beijos.

      Excluir
  25. Quanta frieza! esquartejou mesmo a mulher, passada! Espero que descubram o corpo e quero ver como você vai desenrolar esta trama.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Aguarde...

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos.

      Excluir
  26. Que legal!
    Gosto de suspense, mas não costumo ler esses tipos.
    Gostei :)

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
  27. Oi Cidália.
    História interessante!
    Gostei do suspense que ficou no final hehe

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carolina!
      Oba, que bom que você gostou!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  28. Parabéns amiga não conhecia esse seu lado intelectual, estou agora interessada em saber o que vai acontecer. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amiga! Pois é, comecei a escrever para ocupar meu tempo e estou gostando muito. "Conheci" muita gente bacana nesse meio da blogosfera.
      Aguarde, vem mais por aí!!

      Beijos.

      Excluir
  29. que tenso... fiquei curiosa pra saber se ele vai conseguir ficar impune pela morte de Belinda, ou se vai enlouquecer com a culpa, sla hahahaha
    aguardo mais um capítulo da trama... hehe
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim!! Aguarde...
      Obrigada pelo comentário!

      Beijos.

      Excluir
  30. Olá, tudo bem? Nossa, adorei a escrita e fiquei curiosa haha Não sabia desses textos aqui por isso estou procurando os outros (;
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem!
      Oba, que bom!! Aguarde a continuação...

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  31. Super bem escrito, apesar de não ser meu tipo de literatura preferida, sim, sou uma baita de uma medrosa e fico louca com esses suspenses
    Bjinhos e byebye

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!
      Gostei da sua sinceridade!

      Beijinhos.

      Excluir
  32. UAU...
    Nem sei direito o que comentar já que quero que fiquei curiosa demais e imaginando todas as possibilidades de para onde a história irá caminhar...
    Adorei o texto e, com certeza vou tentar acompanhar as próximas postagens :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, aguarde!! Que bom que você gostou!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  33. Ui, adorei todo o enredo envolvente e fico aqui pensando no que vai acontecer nas próximas postagens. Será que tudo vai se desenrolar da maneira que estou pensando? Vou acompanhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que bom que você gostou!!
      Aguarde...

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  34. Oi, Cidália ^^
    Fazia muito tempo que não lia uma história com sequências, sabe.
    O cenário que você criou mostra de forma crua e sem rodeios as alternativas que alguns casais tomam para se manter longe do convívio social ou por ciúmes. Odeio ciúmes exagerados então é lógico que senti antipatia pela Belinda logo que ela reclamou das gurias que estavam olhando o Cassiano na recepção.
    Tive que ler duas vezes o momento em que você relata a compra do facão e mala, não tava acreditando no que eu li! De um descontrole o cara se torna um assassino. Lamentável e revoltante. :(
    Gostei da história, fico no aguardo da continuação para saber se Cassiano pagará pelo seu crime na Justiça ou não.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruno!
      Muito obrigada pelo comentário, sua opinião é importante para mim!
      Fico feliz sabendo que você gostou, aguarde...

      Bjos!

      Excluir
  35. Adorei o texto Cassiano se tornou um assassino frio e calculista pois comprou uma mala e um facão para esconder o corpo , o passado dele de violências veio a tona ,eu acredito que ele não vai ficar só nesse crime da Belinda ,parabéns Cidalia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cleuza!
      Sua opinião é muito importante para mim.
      Será que ele vai continuar matando?
      Aguarde... beijos!

      Excluir
  36. Oi, Cidália. Tudo bem?
    Olha, eu já fui atraído por essa nova história. Adoro essa trama de crimes perfeitos.Se não estou enganado, no final, com certeza, o crime vai ser descoberto. Gente, e esse Cassiano, eu acho que ele tem tudo para ser um psicopata. Frio, calculista e sem sentimentos. Acredito que esse cara não tem coração e provavelmente vai viver numa boa até que seja desmascarado. Fiquei chocado quando ele cogitou a possibilidade de tornar o caso em um romance. Estou morrendo de curiosidade para saber o que está por vim. Pelo jeito, vamos ter mais uma história de muito sucesso aqui no blog. Parabéns.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro, tudo bem!
      Como sempre, sua opinião me deixa muito feliz! Que bom que você está gostando desta história!! Pois é, nem fale!
      Aguarde... Obrigada!

      Abraço!

      Excluir
  37. Amiga, escreve logo a continuação haha não aguento de ansiedade para ver Cassiano sendo desmascarado! Ele é absolutamente frio e calculista, matou a esposa e ainda vive em paz como se nada tivesse acontecido, inacreditavel neh?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Re!
      Tá bom!! Pois é, ele é um sujeito muito frio.
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  38. Aguardando parte II pra vermos o resumo de tamanha atrocidade que o premeditador calculista Cassiano cometeu contra sua amada Belinda!
    Final da história...
    Traga pra nós um desvendamento de emoções.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antônio!
      Muito obrigada pelo comentário!!
      Aguarde... beijos.

      Excluir
  39. Ele é um psicopata!! Além de estrangular friamente, ainda esquartejou!! Monstro. Me lembrou daquela assassina Matsunaga, que fez picadinho do marido!! Isso vai acabar bem mal pra ele, ah vai!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ele é um sujeito frio e desumano.
      Aguarde os próximos capítulos...

      Obrigada, Vera, beijos!

      Excluir
  40. Oi, tudo bem?
    Uau adorei! eu amo um bom suspense e devo dizer que essa história está de tirar o fôlego. estou ansiosa pela sequência!

    beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ketrin, tudo bem!
      Oba, que bom que você está gostando!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  41. Adorei!
    Sou muito fã de suspense e esse me fisgou. Estou bem curiosa pra saber se ele vai conseguir ficar impune pela morte de Belinda.
    Muito boa sua escrita.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mila!
      Que bom! Aguarde os próximos capítulos!

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  42. Gostei, eu tinha lido um capítulo mais À frente, mal sabia eu que o começo era tão surpreendente, com toda certeza vou ler os próximos capítulos

    ResponderExcluir
  43. Acho ótimo essa nova aventura por uma história em sequencia. Voltei aqui para começar do início já que tem vários capítulos publicados e já me prendeu no enredo. De cara já nos deparamos com uma assassinato brutal e ficamos imaginando o que acontecerá em seguida. Hummm será que vai sobrar pra rosa?!

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Evandro!
      Muito obrigada pelo comentário e apoio!!

      Abraço.

      Excluir