domingo, 23 de outubro de 2016

A Casa ao Lado (Mente diabólica?)

Depois de algum tempo a polícia descobriu o envolvimento do Roberto com a droga e passou a investigar a sua vida e a ligação com o tráfico. Já era do conhecimento da polícia o relacionamento dele com a filha dos donos da mercearia.

Seu Joaquim continuava preso aguardando o julgamento. Seu advogado corria atrás de provas que o inocentassem. Ele confessou que assediou  Eloísa e que chegou a molestá-la. Emprestara dinheiro a ela e queria que a dívida fosse paga com carinhos. Tinha se apaixonado pela moça.

Eloísa respondeu ao assédio com desdém. Cuspiu no seu rosto e o chamou de velho babão. Prometeu que pagaria a dívida assim que tivesse algum dinheiro. Sentiu nojo daquele homem que tinha idade para ser seu avô. Arrependeu-se de ter recorrido a ele num momento de desespero.

Em seu depoimento, seu Joaquim disse que não sabia que o jovem assassinado era namorado da Eloísa. Ele estava lá naquela madrugada por pura curiosidade. Chegara a pensar que era um cabaré. Quem sabe, encontraria uma mulher que se interessasse por ele?

Com a polícia investigando a vida do Roberto e dona Lúcia bisbilhotando os vizinhos, os dias passavam lentamente. Na casa ao lado o silêncio causava estranheza aos moradores que passaram meses sem dormir direito. Todos esperavam que tudo se resolvesse o mais rápido possível.

Elias, sabendo da investigação, resolveu sumir por uns tempos, antes que descobrissem seu envolvimento com o casal (Luiz e Célia). Viajou para casa de um parente que morava no sul do país. Ficaria por lá até a poeira abaixar.

D. Gertrudes foi visitar a filha algum tempo depois, da morte do Roberto. Precisava contar a ela o que tinha acontecido.
Quando chegou à clínica, a primeira coisa que a filha quis saber foi notícia do rapaz.

- Mãe, você viu o Roberto? Ele respondeu a minha carta?
- Minha filha, eu e seu pai estamos com saudades. Você não quer saber como seu pai está?

- Se meu pai estava com saudade, porque não veio me ver até agora?
- Porque ele precisa trabalhar. De onde você acha que vem o dinheiro para pagar esta clínica?

- Eu não queria ter vindo para cá. Por mim, estaria morando com o Roberto, nem que fosse debaixo da ponte.
- Você é mal agradecida, eu e seu pai queremos o seu bem. E quer saber de uma coisa? Não entreguei a sua carta. Aquele rapaz está morto, foi assassinado!

- Não acredito, você está mentindo mamãe. O Roberto é um bom moço, não tem inimigos.
- Você é que pensa! Está cega e não vê que nesse mundo onde vocês se meteram não tem amigos, só há interesse.

- Eu e o Roberto temos muitos amigos, sim.
- E onde estão esses amigos? Ninguém foi te procurar até agora. Não devem ter sentido a sua falta!

- Quero sair daqui, preciso ver o Roberto. Me leva com você, mamãe. Prometo que me comportarei. Farei tudo o que a senhora quiser.
- Aquele rapaz está morto, acredite minha filha. A polícia está investigando a morte dele e logo chegará até você. É melhor que continue aqui.

- Mas, por quê alguém o mataria? Ele nunca prejudicou ninguém.
- Como vou saber? Ele devia estar metido em alguma coisa que você não sabia. Existe muita maldade por aí. E se ele fosse um bom rapaz não a teria desviado do bom caminho.

A hora de visita chegou ao fim e d. Gertrudes se despediu da filha com um forte abraço. Prometeu que voltaria em breve com mais notícias. Levaria um jornal para que a filha pudesse acreditar nela. Saiu daquele quarto com o coração oprimido. Era muito triste ver a filha naquele estado desolador.

Eloísa ficou aos prantos. Passou a noite chorando e teve que ser medicada para se acalmar.

Será que tinha alguém com a mente tão diabólica, capaz de matar Roberto por causa da droga? Será que ele ficou devendo para alguém? Sabia que ele fazia algumas entregas de vez em quando, para conseguir dinheiro.

De repente, lembrou do Elias e sentiu um arrepio. Lembrou de suas cantadas e do fora que havia dado nele. Será que o Elias seria capaz de fazer alguma coisa contra seu namorado? Não, o Elias era somente um traficante. Nunca matara ninguém! Pelo menos era o que tinha ouvido falar a seu respeito.

Sua cabeça cheia com todos esses pensamentos. Eloísa se fechou ainda mais no seu casulo. Não quis comer e se recusou a sair do quarto. A imagem do namorado não saía da sua mente. Podia sentir o calor do seu abraço e o toque de suas mãos nas carícias mais ousadas.

O que seria dela quando saísse daquele lugar? Teria força para recomeçar sem a presença do seu amado? Roberto foi seu primeiro amor. Foi por ele que desistiu dos seus sonhos. Foi para agradá-lo que se entregou àquela vida desregrada.

Tantas perguntas sem respostas! Uma moça alegre, cheia de vida, cobiçada pelos rapazes, agora era apenas uma sombra, vagando pela escuridão do mundo que escolhera. Estava no fundo do abismo, sozinha.

Haverá esperança para ela? Só o tempo responderá todas essas dúvidas! 



Seja sempre bem vindo (a) e não deixe de ler o próximo capítulo!!

PS: Pensei que mudaria o layout do blog quando completasse um ano, mas o tempo voou e o blog continua com a mesma aparência.

Obrigada a todos os amigos que me acompanham desde então!! Amigos reais e virtuais, blogueiros e blogueiras que me apoiam.
 Um super abraço!!
Cidália.
 
Segue os links...
http://contosdacabana.blogspot.com.br/…/07/a-casa-ao-lado.h…
http://contosdacabana.blogspot.com.br/…/a-casa-ao-lado-ii.h…
http://contosdacabana.blogspot.com.br/…/a-casa-ao-lado-lll.…
http://contosdacabana.blogspot.com.br/…/a-casa-ao-lado-lv-u…

https://contosdacabana.blogspot.com.br/.../a-casa-ao-lado... 
http://contosdacabana.blogspot.com.br/.../a-casa-ao-lado...

52 comentários:

  1. Acho que sou uma pessoa má. Detesto Eloísa e sua ingratidão com os pais. Não tenho dó dela. Egoísta e mau caráter, deixou-se levar pra banda podre da vida.
    O conto está cada vez mais intrincado e a escritora escrevendo como profissional!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não é má, a Eloísa é mesmo uma filha ingrata.
      Muito obrigada pelo elogio!

      Beijos.

      Excluir
  2. Agora fiquei curiosa com a história!
    Vou ter que começar a ler desde o início!! :D
    Parabéns pela escrita!!

    #Ana

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixei os links no final do post para quem quiser acompanhar a história.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  3. Esse suspense está muito bom ,eu estava pensando que foi dona gertrudes que matou Roberto,mais mudei de ideia ,quem será, acho que o final vai surpreender parabéns Cidalia .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que legal!!
      Quem será, né? Aguarde os próximos capítulos.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  4. Acho que ainda tem muita água pra rolar por debaixo dessa ponte. Cada vez mais somos levados a outros personagens, aumentando a curiosidade sobre o que aconteceu de fato. São tantas ideias para colocar no blog que o layout é apenas um detalhe diante de tanto talento.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, suas palavras me deixam lisonjeada.
      Aguarde os próximos capítulos!!

      Abraço.

      Excluir
  5. menina amei esse conto ele é taõ bom que as vezes me viajo neles parabéns ♡¤

    ResponderExcluir
  6. Menina, to louca nesse Thriller. Cada capítulo que leio fico mais intrigada, querendo desesperadamente saber as "cenas" do próximo capítulo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só, que beleza! Fico feliz sabendo que você está gostando da história.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  7. Olá Cidália, acabei de conhecer o blog e já me encantei! Parabéns pelo trabalho!!!

    ResponderExcluir
  8. Roberto não seguia uma vida tranquila e nesse meio se faz muito inimigo. Mas acho que quem matou ele é uma pessoa que menos se espera.

    Blog - A Negra e seus Tons
    Fanpage / Instagram / Twitter / Canal

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que vi alguns dos capitulos, mas nao me recordo muito, porém como li esse capitulo, vou procurar um tempo para conhecer os demais e acompanhar!

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
  10. Oiii tudo bem?
    Adorei esse conto e fiquei encantada, adorei mesmo a ler e cada dia você está se superando e me conquistando com seus contos.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Morgana, tudo bem!
      Oba, fico feliz em saber que você está gostando dos meus contos.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  11. Oi, Cidália. Tudo bem?
    A cada novo capítulo mais apreensivo eu fico para conhecer o final dessa história instigante, impressionante e misteriosa. Como disse no capítulo passado ainda tenho uma certa desconfiança que o Elias tem alguma relação com esse assassinato. Entretanto, com esse capítulo novo, fiquei imaginando como seria a história se a d. Gertrudes tivesse algum envolvimento com o crime. Isso traria uma grande reviravolta na história e trataria grande coisas a pensar, até mesmo a relação entre mãe e filha. Mas por enquanto, eu voto no Elias. Estou ansioso para ver o próximo capítulo. A história está a cada dia mais incrível. Estou adorando.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro, tudo bem!
      A história está chegando ao fim, já estou nos capítulos finais.
      Gostei muito da sua opinião, aliás, como sempre!!
      Será que é o Elias? Aguarde!

      Obrigada, abraço.

      Excluir
  12. Ci, terei ver do inicio este conto, me deixou com gostinho de quero mais, pelo o que eu pude perceber neste capitulo já não tô gostando da Eloísa, ingratidão não é uma coisa que eu aprecie e principalmente com nossos pais, enfim, vou dar uma olhada nos capítulos anteriores para me familiarizar melhor com a historia toda! Você como sempre arrasando, parabéns minha linda!
    Beijos, Renally

    http://dicasdarenally.wixsite.com/blog/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Re,
      Fico muito contente sabendo que você está gostando das minhas histórias. Pois é, a Eloísa é muito ingrata com os pais.

      Muito obrigada,
      Beijos!

      Excluir
  13. O conto está cada dia mais intrigante despertando nossa curiosidade... Doida para ler até o final. Quem será que matou Roberto?... Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, que bom, Alessandra!
      Quem será, né??

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  14. Você escreve MUITO BEM, quer uma dica? Há uma plataforma própria para novos autores de livros, eu mesma escrevo por lá rs.
    é o Whatpadd, é como um blog, mas só para livros, por lá as editoras descobrem novos autores, há premiações e tudo, e é gratuito para se inscrever...
    Aposto que teria muito sucesso por lá!
    Bjuuus

    http://ddreamsoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada pela dica, estou escrevendo no Whatpad, também.

      Valeu, beijos!

      Excluir
  15. Uau!Adorei o conto,quero ler até o final,fiquei curiosa.
    beijos!

    ResponderExcluir
  16. Para entender preciso começar desde o princípio a ler,
    mas o pouco que li aqui já me deixou super curiosa pelo conteúdo todo!
    Gosto de ler textos bem escritos, parabéns!

    Bjos
    Minda ❤ 😍

    ResponderExcluir
  17. Não li desde o começo, mas fiquei triste com a situação da moça. Muito provavelmente fez escolhas erradas, mas está sofrendo.
    Espero que ela tenha um final feliz.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Alineland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aline,
      Sim, a Eloísa se meteu com as pessoas erradas.
      Obrigada pela opinião!

      Beijos.

      Excluir
  18. Eu comecei a ler e estava me sentindo meio perdida e sem entender nada direito.
    Aí quando cheguei ao final vi que tem partes antes, então meio que cai de paraquedas na história.
    Achei interessante, e a escrita me deixou curiosa e querendo saber o que se passou antes, para entender melhor o ponto em que a história está e o que vem depois :)
    Parabéns!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lica, pois é, deixei os links dos capítulos anteriores para as pessoas entenderem a história.

      Obrigada, beijinhos!

      Excluir
  19. Esse conto ta demais!!! ♡♡
    Ansiosa pelo fim dessa história.
    Muito bem escrita e elaborada!
    Amei
    Beijos
    Lilica

    ResponderExcluir
  20. Adorei a continuação do conto Cidália! Aguardando ansiosamente o final da história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Estou adorando esse conto com continuações. Beijos Ci <3

    ResponderExcluir
  22. OOu!
    Amei essa continuação!
    No entanto, acho que perdi algumas partes. kkkkk
    Já vou aqui ver qual deixei passar.
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Estou adorando essas continuações e estou muito curiosa para conferir a próxima hahaha Detesto a Eloísa e não tenho dó dela não hahaha
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Fico muito contente sabendo que estás gostando, Carolina!
      A Eloísa não merece pena.

      Obrigada, beijos.

      Excluir
  24. Olá, sempre pego essa história em partes aleatorias e fico curiosa porque não sei o que aconteceu antes e fico meio perdida, irei começar a ler do começo para pegar a história toda direitinho e entender

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabriela,
      Ok, deixei os links para que possam acompanhar a história.

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  25. Olá!!
    Esse é o segundo capitulo que eu leio dessa historia, mas ainda não tive a oportunidade de ler do inicio, por conta disso fiquei um pouco perdida.
    Adorei a sua escrita, parabens!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, entendi, tudo bem!

      Obrigada, Mayara, beijos.

      Excluir