segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Vida às avessas Xll (angústia)





Quando dona Josefa acordou estava na cama. Será que ela teve um pesadelo? Tentou se levantar, mas não conseguiu. Ouviu vozes. Não reconheceu nenhuma voz. Olhou a sua volta e não reconheceu o quarto.

O que estava acontecendo com ela? Fechou os olhos e voltou a dormir. As pálpebras estavam pesadas. Num canto do quarto o filho Jesuíno conversava com a enfermeira.

- Como ela está? Parece que tem muito sono!

- É o efeito dos medicamentos. Ela fraturou o fêmur com o tombo - disse a enfermeira.

- Quanto tempo ela vai ficar internada? Não vou poder ficar aqui com ela, tenho meu trabalho.

- Ela precisa de acompanhante meu senhor.

- Vou telefonar para minha esposa. Assim ficarei sabendo direito o que aconteceu.

Ao falar com a esposa, Jesuíno soube que a mãe fora encontrada, caída na rua, pela faxineira que estava passando, de bicicleta, naquele momento. Foi ela quem telefonou para a emergência pedindo ajuda.

Iracema falou que ficaria com a sogra naquela noite, mas queria que o marido avisasse os outros irmãos. Eles que viessem buscar dona Josefa. Ela não ia ficar cuidando dela.

Jesuíno entrou em contato com um dos irmãos e contou o que aconteceu. Jaime ficou de buscar a mãe quando ela tivesse alta. Se comprometeu de avisar os outros irmãos.

Jaime ligou na escola e pediu para falar com a Sueli, era um caso de emergência. No momento em que Ariana tomou conhecimento do estado de saúde da sua avó, não pensou em mais nada. Arrumou suas coisas e foi para a rodoviária. Há algum tempo ela estava planejando visitar a avó. Deveria ter ido antes, talvez tivesse evitado o acidente da pobre mulher.

Dona Josefa abriu os olhos e viu a neta querida ao seu lado. Ficou muito feliz. Na noite anterior sentiu-se mal ao ver que a nora estava no quarto. Iracema agiu friamente, como se estivesse ali apenas para cumprir uma obrigação.

Os dias de agonia passaram lentamente para dona Josefa. Ela recebeu a triste notícia de que teria dificuldade para caminhar. Precisaria de apoio. O que seria dela? Ela não queria dar trabalho para ninguém.

Ao receber alta, Josefa e a neta foram levadas para casa pelo Jesuíno. Teriam que esperar a chegada do Jaime.

Ariana sentiu um mal estar quando entrou naquela casa onde fora desprezada por alguns anos. Teve que fazer um esforço para não dar meia volta e fugir dali.
Iracema mal as cumprimentou e saiu para passar o dia com uma das filhas. Antes de sair disse para o marido que tinha comida na geladeira, era só esquentá-la.

Ariana ajudou a avó a arrumar as suas coisas. A avó estava triste e abatida. Estar ali, mesmo sabendo que seria por pouco tempo, só aumentava a sua angustia.

No final da tarde, Jaime chegou para pegar a mãe e a sobrinha. Jesuíno não os convidou para passarem a noite na sua casa. Mal trocou duas palavras com o irmão. Também não tocou no assunto sobre o empréstimo com a mãe.

Jaime pegou as duas mulheres e as levou dali o mais rápido possível. Tinha alguma coisa naquela casa que o deixava amargurado. Passaram a noite num hotel e partiram na manhã seguinte.

Dona Josefa ficaria na escola com a filha e as netas, ocuparia o quarto do neto. Em breve sairiam dali. Sueli estava comprando uma casa nos arredores. O dinheiro que lhe coube pela venda da propriedade da mãe e mais suas economias foi suficiente para adquirir um pequeno imóvel.

Elizandra recebeu a irmã com uma boa notícia.

- Mana, soube que o Geraldo terminou com aquela moça. Ele descobriu que ela estava enganando-o. O filho era de outro rapaz. Não sei todos os detalhes, sei apenas que ele veio morar com o tio. Vai arrumar um emprego por aqui.

O semblante da Ariana se transformou. A esperança voltou. Seu coração se alegrou. Se ele a procurasse agiria diferente. Quanto a sua mãe, ela teria que entender que o Geraldo não tinha culpa do que o tio fez no passado.

Sueli estava animada com a mudança. A nova casa não era tão grande, porém daria para abrigar a sua família com conforto. As quatro mulheres dividiriam o quarto maior. Seria por pouco tempo. Elizandra logo casaria e teria sua própria casa.  O quarto menor seria para o José Carlos.

As moças teriam um beliche. Sueli ficaria na cama de casal com a mãe. A sala e a cozinha eram espaçosas. O quintal era de bom tamanho. Elas poderiam fazer uma horta e um jardim.

Dona Josefa, cercada de amor e carinho, parecia outra pessoa. Começou a se interessar novamente pelos trabalhos manuais. Fez planos de ajudar a filha na reforma da casa. Queria construir mais um quarto na casa.

Pediu que Sueli a acompanhasse ao Banco para ver seu saldo da poupança. Enquanto estava na casa do Jesuíno era ele quem controlava sua conta. Ao tomar conhecimento do saldo, dona Josefa ficou indignada.



O que teria aprontando o Jesuíno dessa vez?


Aguarde mais um trecho desta história na próxima semana!

Sua visita me deixa muito feliz!!
Obrigada!
Abraços!!

Cidália.

PS: Mais um belo desenho feito pelo meu sobrinho Marcos Wagner!























72 comentários:

  1. Oi Ci. Como eu adoro suas histórias!!! São sempre muito envolventes! :)
    Estou aqui curiosa pra saber o que Jesuíno fez agora... RS
    Não demora pra trazer o próximo capitulo. Rsrs

    Beijos
    Lilica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lilica!
      Fiquei muito feliz com seu comentário motivador!!
      Obrigada!!

      Beijos

      Excluir
  2. Está história é caso de família brasileira mesmo, Ci!
    Estarei aguardando o próximo capítulo! Estou curiosa.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Quel, pelo comentário!!

      Obrigada, beijos!

      Excluir
  3. Oi Ci! Eu adoro a suas histórias e já estarei esperando o próximo capítulo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!
      Oba, fiquei muito feliz com seu comentário!
      Obrigada, beijos!!

      Excluir
  4. Coitada da dona Josefa passou um mal pedaço naquela casa ,mais agora ao lado de quem a ama ela está feliz , será que Jesuíno gastou todo dinheiro que safado roubar a própria mãe . Tô torcendo pra Ariana ficar com Geraldo , amo suas histórias Cidália já tô esperando o próximo capítulo , lindo desenho parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Jesuíno é capaz de tudo quando se trata de dinheiro, até mesmo enrolar a própria mãe!! Muito obrigada pelo comentário e opinião, Cleuza! O desenho está lindo, sim, obrigada!!
      Beijos


      Excluir
  5. Oi ci, to aqui de novo lendo esses teus contos maravilhosos. Mas hoje preciso falar também da ilustração. Que coisa mais linda teu sobrinho arrasa. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani!
      Agradeço em nome do meu sobrinho!! Ele faz lindos desenhos nas escolas aqui do município.
      Obrigada pelo carinho de sempre, beijos!

      Excluir
  6. Oi!!
    Parabéns Marcos 😀 você desenha muito bem. E a história cada vez mais emocionate, já estou ansiosa pelo proximo capitulo.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joana!
      Agradeço em nome do meu sobrinho!! Oba, obrigada pelo apoio!
      Beijos!

      Excluir
  7. Olá
    Que história envolvente, gostei bastante. Já quero saber o que Jesuíno aprontou hahaha
    Abraço
    Blog Folha de Pólen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marcelo!
      Obrigada pelo comentário, já tem a sequencia, confira.
      Abraço!

      Excluir
  8. Que legal vc ter associado esta ilustração ao texto, seus contos são muito bons e fico ansiosa para ler o proxima etapa. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Luma, pelo carinho e apoio!! Gosto de ilustrar o texto e meu sobrinho tem facilidade para desenhar.

      Beijos!

      Excluir
  9. Ótimo conto com uma bela ilustração, já estou ansiosa para saber o que Jesúino fez desta vez, rsrs.Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Erika!
      Eu e meu sobrinho ficamos felizes com o elogio!!
      Beijos

      Excluir
  10. olá!
    Não me canso de falar o quanto estou adorando sua história... Esta muito gostoso acompanhar e torcer para Ariana! Curiosa para saber o que Jesuíno aprontou!
    abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cíntia!
      Muito obrigada pelo apoio e carinho de sempre, fico feliz sabendo que você está gostando da história!!
      Abraços!

      Excluir
  11. Adorei a leitura, super envolvente. Parabéns pelo talento flor :)
    Beijos

    http://www.crisfelix.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris!
      Que bom!! Obrigada pelo comentário!
      Beijos

      Excluir
  12. O desenho está lindo mesmo, parabéns ao seu sobrinho. Sobre a história, adoro lê-las, sempre fico empolgada para saber mais e mais e dessa vez não foi diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erica, meu sobrinho agradece o elogio! Fico contente sabendo que você está gostando da história!!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  13. Olá
    A história está muito interessante, estou bem intrigada com o Jesuíno e Iracema, eles parecem gente muito ruim, mas acho que tenho mais medo da Iracema, ela parece aquele tipo de pessoa bem ardilosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniele!
      Muito obrigada pelo comentário, gostei muito da sua opinião!!
      Beijos!

      Excluir
  14. Ola, tudo bem? Adorei, a historia é super interessante, ansiosa par ler a continuaçao, muito obrigado 😊😊😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem!
      Eu é que agradeço pelo comentário!! Que bom que você gostou da história!
      Beijos.

      Excluir
  15. Oi tudo bem?
    Ai finalmente a Dona Josefa está com quem ela e sendo feliz depois de ter sofrido tanto. Não acredito que o Jesuíno aprontou de novo hahaha não vale nada mesmo. Parabéns pela história te desejo sucesso.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Taís, tudo bem!
      Pois é, está na hora dela ter um pouco de alegria!! O Jesuíno é um sem vergonha!
      Muito obrigada pelo comentário!!
      Valeu, beijos!

      Excluir
  16. Que chato isso que aconteceu com a Dona Josefa, ela é uma mulher sofrida a agora acontece isso com ela. O que será que o Jesuíno fez, aguardando os próximos capítulos. Gostei muito do desenho do Marcos Wagner ele desenha super bem, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lucimar!
      Nem fale, coitada né!! O Jesuíno aprontou feio com a mãe!
      Meu sobrinho agradeceu o elogio!
      Obrigada, beijos!!

      Excluir
  17. Dona Josefa é um exemplo claro da forma como muitos idosos têm sido tratados nos últimos tempos, se dão ao máximo por aqueles que gerou para no final das contas sofrer com desprezo dentre outras falcatruas.
    Aposto que o Jesuino passou a mão em tudo, tomara que eu esteja errado kkk. Que venha o próximo capítulo!!!

    A propósito, seu sobrinho é um artista! Dê os parabéns a ele.
    Abraços 😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amilton!
      É verdade, infelizmente, a história retrata a realidade de alguns idosos.
      Você acertou, foi isso mesmo o que aconteceu, a revelação já foi postada.
      Darei sim, muito obrigada!!
      Abraços!

      Excluir
  18. É um triste retrato da nossa realidade, muitos idosos são desprezados ou usados. Deveríamos valorizar quem, muitas vezes, lutou tanto por nós. Seus contos conseguem captar a alma humana em toda sua plenitude, com todas as nuances de bondade e maldade em que o homem pode variar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal seu comentário, Evandro, obrigada pela opinião e elogio!! Amei suas palavras!

      Abraço!!

      Excluir
  19. História muito bonita que cada capítulo nos rodeia, embora não conheço o resto da história, mas eu dei uma olhada e descobri que envolvemos cada capítulo, o sofrimento dessa Dona Josefa agora ela pode realizar seu sonho de viver um grande amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Pâmela, pelo comentário!!

      Beijos!

      Excluir
  20. Adoro seus contos, muito interessante acompanhar sempre essa história bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba!! Obrigada, Cibele, pelo comentário!!

      Beijos!

      Excluir
  21. Já estou curiosa para saber o feito do Jesuino também.....

    ResponderExcluir
  22. Super curiosa pra saber sobre o Jesuino.. Adorei o conto vou voltar pra ver o fim dessa historia, parabens e sucesso
    Levando a Sério

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário, fico feliz sabendo que você gostou desta história!!

      Beijos

      Excluir
  23. Ai Jesuíno do céu o que você aprontou com as contas de Dona Josefa, a pobre mulher não merece isso. Acabei me identificando bastante com isso, infelizmente. Adoro todas as partes dessa história, é demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só, que bom, Daiana! É verdade, a coitada não merece ser enganada!!
      Muito obrigada pelo comentário e apoio!!

      Beijos!

      Excluir
  24. Olá !!
    Adoro suas histórias ! Sempre me deixam ansiosa pelo desfecho !
    Coitada da Dona Josefa,minha gente !!
    Bjs
    sucesso !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jaque!
      Muito obrigada pelo comentário e apoio!! É bom saber que você está gostando da história!

      Beijos!

      Excluir
  25. Olá,
    Sempre que possível, gosto de acompanhar suas histórias porque me deixam mega curiosa para saber o que irá acontecer a seguir e prende minha atenção do início ao fim!
    Fiquei bem curiosa para saber o que Jesuíno andou aprontando.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michele!
      Você não imagina como seu comentário me deixa feliz!! Que bom que você gosta das minhas histórias!
      Obrigada, beijos!!

      Excluir
  26. ola tudo bem ? achei sua historia bem envolvente, a maneira que você escreve nos prende até o fim
    ja estou na espectativa do proximo capitulo . BJSSS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Laini, tudo bem!!
      Oba, que bom que você gostou da história!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  27. Nossa, coitada da dona Josefa. Quando parece que as coisas vai melhor um pouco, por conta do carinho das família, parece que mais uma bomba aparece para atormentá-la. Peguei com carinho muito grande por ela e estou como bastante raiva do filho e da nora. E a, Ariane, será que ela vai conseguir ficar com o amor da vida dela? Ansioso para saber. 😁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Leandro, seu comentário me deixou muito contente como sempre, pois gosto de saber a sua opinião!!
      Muito obrigada pelo carinho, abraço!

      Excluir
  28. Amo acompanhar as suas histórias! Estou aguardando ansiosamente por mais um trecho desta história *o*. Beijooos:*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo apoio, é bom saber que você está gostando da minha história!!

      Beijos!

      Excluir
  29. Olá! Boa tarde!

    Estou bem curiosa com o que Jesuíno fez haha
    Sua escrita é uma delícia! Vou ficar de olho nos próximos capítulos.
    Sucesso!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mari, boa tarde!!
      Esse Jesuíno é um filho ingrato!
      Seu comentário me deixou muito feliz, obrigada!!

      Beijos!

      Excluir
  30. Oi,tudo bom?
    Nossa que história bacana, gosto muito de ler esse tipo de postagem, bem autoral.
    Parabéns pelo talento na escrita.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joyce, tudo bem!!
      Seu comentário me deixou muito feliz!!
      Obrigada pelo elogio!

      Beijos!

      Excluir
  31. Eu amo ler esenhas assim, curta e bem explicada sempre bom vim aqui no seu blog ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jaqueline!
      Não é uma resenha, é um trecho de uma história que estou postando em partes pequenas para facilitar a leitura.
      Obrigada pelo comentário, bjos!

      Excluir
  32. Suas histórias estão cada vez melhores, estou adorando acompanhá-las. Mal posso esperar pela continuação.

    bjs
    Dani, do Blog Sabe o que é?
    http://sabeoque.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniela!
      Muito obrigada pelo elogio, amei seu comentário!!

      Beijos!

      Excluir
  33. Li ansiosa para saber o final dessa história, muito bem escrita!
    Aguardo o próximo capitulo ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Jacke, pelo comentário e elogio!!

      Beijos!

      Excluir
  34. Oi, tudo bem? Que texto mais incrível. Você escreve muito bem. É bem criativo posts assim, nos deixa curiosos para saber mais a respeito da história. Ansiosa pela continuação. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Érika, tudo bem!!
      Que bom que você gostou desta história! Muito obrigada pelo comentário e elogios!!

      Beijos!

      Excluir
  35. Cidália! Devo me desculpar por ter sumido daqui! Estive corrida nos últimos dias, mas agora que estou aqui novamente já vou colocar minha leitura em dia...Como você escreve bem! Adoro esta sua história! Este Jesuíno é um embuste e Ariana é uma neta doce e meiga. Gosto mesmo de acompanhá-la. Um forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tatiana, seu comentário me deixou muito contente!! Que bom que você está gostando desta história!
      Muito obrigada pelos elogios!!
      Um forte abraço!

      Excluir